MULHERES

J.K. Rowling ganha prêmio por defender liberdade de expressão e ajudar mulheres e crianças

27/01/2016 16:10 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Dan Hallman/AP
FILE - This Oct. 16, 2012 file photo shows author J.K. Rowling at an appearance to promote her latest book "The Casual Vacancy," at The David H. Koch Theater in New York. Harry Potter fans can look forward to a Halloween treat, with some tricks, from Rowling. In an announcement posted Friday, Oct. 24, 2014, on her web site, www.pottermore.com, the author revealed that she has prepared a 1,700 word story about the witch and former Hogwarts professor Dolores Umbridge. (Photo by Dan Hallman/Invision/AP, File)

O poder mágico das palavras escritas por J.K. Rowling parece não ter fim.

A escritora inglesa de 50 anos, conhecida principalmente por criar as sagas de Harry Potter e Cormoran Strike, ganhará o prêmio PEN/Allen Foundation Literary Service, por defender a igualdade, o acesso à educação e a liberdade de expressão.

O reconhecimento, feito pela associação de escritores PEN International, também contempla o trabalho filantrópico de Rowling.

A autora criou as instituições Volant, fundo que apoia crianças e mulheres em situação de vulnerabilidade social e pesquisa sobre a esclerose múltipla, e Lumos, que ajuda crianças carentes a serem adotadas.

"Seus livros tem fornecido extraordinária inspiração a gerações de leitores e escritores mundo afora", declara a PEN, em comunicado.

"J.K. Rowling, frequentemente, contesta a censura em escolas e bibliotecas, e emergiu como defensora do acesso à literatura e ideias para crianças, assim como pessoas encarceradas, com dificuldades de aprendizado, e mulheres e garotas pelo mundo afora."

A cerimônia acontece no dia 16 de maio, no American Museum of Natural History, em Nova York.

Se você acompanha a escritora no Twitter, talvez já tenha lido os tweets brilhantes em que ela combate várias formas de preconceito, além de, muitas vezes, dar conselhos a fãs.

Michael Pietsch, CEO da Hachette Book Group, também ganhará o prêmio, por seu trabalho como editor de grandes escritores e combater a censura.

Projetos

Em julho, estreia em Londres a peça musical Harry Potter and the Cursed Child, cuja trama foi criada por Rowling.

Em novembro, chega aos cinemas Animais Fantásticos e Onde Habitam, baseado no livro homônimo da escritora. Ela própria escreveu o roteiro.

Ambos os projetos são extensões do universo de Harry Potter.

LEIA MAIS:

- Leitora voraz de 11 anos lança campanha para ajudar mais garotinhas negras a se sentirem representadas em livros

- 'Harry Potter': Atriz negra Noma Dumezweni será Hermione em peça de teatro

Também no HuffPost Brasil:

13 livros que serão adaptados para o cinema em 2016


SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: