NOTÍCIAS
20/01/2016 09:44 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Lula estuda processar lutador Wanderlei Silva por 'calúnias' postadas no Facebook

Montagem/Reprodução Facebook

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estuda processar o lutador de MMA Wanderlei Silva, ex-campeão do evento japonês Pride e recém-liberado pelo UFC. A informação foi postada nesta terça-feira (19) na página do petista no Facebook e diz respeito a ‘calúnias’ que o atleta vem postando contra o ex-presidente e seus filhos.

“Já que ele (Silva) não verifica a veracidade do que publica em sua página, vamos repetir: os filhos de Lula não têm iate, fazendas ou aviões; não são donos da Friboi ou de outras grandes corporações, entre outras sandices repetidas à exaustão por quem não tem compromisso com a verdade”, diz a postagem de Lula.

Muita gente chama MMA de vale-tudo. Mas se nem no octógono vale tudo mesmo, nas redes sociais também não pode ser assim....

Publicado por Lula em Terça, 19 de janeiro de 2016


Na última segunda-feira (18), o lutador de MMA compartilhou uma imagem que supostamente mostraria um filho de Lula abastecendo um iate que vale milhões.

“Quero somente saber de onde veio tanto dinheiro, pois antes do seu pai se tornar presidente eles não eram tão ricos assim, eu não sei quanto ganha presidente do Brasil mais, acho que não daria pra comprar uma lancha de 20 milhões em 8 anos de mandato!”, sentenciou Silva.

Nao quero nem criticar , quero somente saber de onde veio tanto dinheiro, pois antes do seu pai se tornar presidente...

Publicado por Wanderlei Silva em Segunda, 18 de janeiro de 2016


O ex-lutador da Academia Chute Boxe, de Curitiba (PR), votou em Aécio Neves nas eleições de 2014 e costuma criticar o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) com frequência em suas redes sociais. Além disso, em mais de uma oportunidade ele exaltou a possibilidade do deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) ser candidato à Presidência da República em 2018.

2 trilhões de impostos é pouco ? Com essa administração pode ter 10 trilhões que mesmo assim faltaria dinheiro, o q...

Publicado por Wanderlei Silva em Sábado, 2 de janeiro de 2016


No MMA, Silva fechou um acordo com o UFC no último dia 14 de janeiro. O acerto permitiu que o atleta conseguisse a liberação do evento americano, o maior da modalidade no mundo, permitindo que ele volte a lutar. Parte do acordo envolvia uma retratação do brasileiro, que acusou o Ultimate de ‘armar lutas’ durante o imbróglio judicial.

Contudo, ele ainda precisa recuperar a sua licença, pelo menos se quiser lutar nos EUA. Ela foi cassada após ele fugir de um exame antidoping surpresa, em 2014, quando se preparava para encarar o americano Chael Sonnen.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:


LEIA TAMBÉM

- O triste fim (e recomeço) de Wanderlei Silva

- Propina de R$ 50 milhões abasteceu campanha de Lula em 2006, diz Cerveró

- Como a artilharia de Cerveró pode prejudicar Lula, FHC e Dilma

- Lava Jato: Após citar Lula, Cerveró fala sobre envolvimento de Dilma