NOTÍCIAS

12 momentos inesquecíveis de 'Segundas Intenções', clássico teen dos anos 90

20/01/2016 13:32 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Muita gente que neste início de ano assistiu a Ligações Perigosas, microssérie global, percebeu que a trama era muito familiar.

De fato, o romance Les Liaisons dangereuses (1782) já ganhou muitas adaptações no cinema. Mas nenhuma delas foi tão marcante quanto Segundas Intenções (1999) para quem era adolescente nos anos 90.

A locação era Nova York do fim do século passado, no palco dos sonhos e pesadelos do teenager médio dos Estados Unidos: a high school.

Kathryn, a vilã.

Sebastian, o sedutor.

Cecile, a ingênua.

Anette, a virtuosa.

Essas quatro personagens transformaram Cruel Intentions num clássico teen.

A série global também fez bastante sucesso neste ano, elevando a audiência da TV Globo no horário após a novela das nove.

Mas nós lembramos aqui 12 motivos pelos quais Ligações Perigosas nunca será Segundas Intenções:

1. A trilha sonora

Desde a primeira cena, ao som de Placebo, à última, com The Verve, o filme tinha soundtrack para agradar geral. As batidas de Faithless, o romantismo de Counting Crows e o pop delícia de Blur também conferem emoção à narrativa.

2. A vilã é Buffy, a Caça-Vampiros

Nada de Netflix! Naquela época, uma das séries mais badaladas era Buffy, a Caça Vampiros. E a heroína da TV foi escolhida para ser a protagonista — e vilã — de Segundas Intenções. Sarah Michelle Gellar está deliciosamente odiável com sua linda, popular e dissimulada Kathryn.

3. A maldade dela é inesgotável

Ora, murmurando o que realmente pensa...

Sua idiota!

Ora, traçando planos diabólicos...

Mantenha seus amigos perto, e seus inimigos, ainda mais perto.

4. O segredinho de Kathryn

Representante de turma, moça católica, referência para as meninas do colégio. Assim Kathryn vai mantendo a reputação íntegra — o que passa bem longe de suas ações maquiavélicas e seu vício em cocaína. Ninguém imagina que uma aluna tão aplicada e exemplar guarda droga no próprio escapulário.

5. Ryan Philippe é o sedutor de caráter questionável

Catapultado para a fama com Eu sei o que vocês fizeram no verão passado, o ator americano imprimiu sex appeal ao controverso Sebastian. Machista, o adolescente mantém um caderno onde anota os nomes de todas as suas "conquistas", que costuma descartar. Ele topa o plano de Kathryn, sua irmã postiça, de enganar a ingênua Cecile. Mas vai mudar de atitude ao se apaixonar por Anette.

6. Nós torcemos por Reese Witherspoon

Muito antes de ser uma vencedora do Oscar, a atriz do EUA participava de filmes teen como Legalmente Loira e Segundas Intenções. Neste, ela interpreta Anette, uma das únicas personagens com bom caráter. Amável e honesta, é o oposto de Kathryn. Virgem, está se guardando para o amor verdadeiro — o que desperta a atenção de Sebastian, que a encara como um "desafio".

7. Adoramos o humor de Selma Blair...

A ingênua Cecile nos brinda com as cenas mais engraçadas do filme, com suas descobertas sobre sexo e suas declarações inadequadas para Kathryn.

8. ... E a versão loira e gay do Pacey

Fim dos anos 90, e uma das séries de maior sucesso era Dawson's Creek. Mas 9 em 10 fãs preferiam Pacey a Dawson. E foi Joshua Jackson, o intérprete do coadjuvante, o escalado para viver Blaine, cúmplice das maldades de Sebastian.

9. O beijo de Sarah e Selma

Sem dúvida, uma das cenas mais marcantes do cinema no fim dos anos 90! Kathryn queria acabar com a reputação de Cecile e, para torná-la uma "piranha", decide ensiná-la a beijar. Sarah Michelle Gellar e Selma Blair venceram o prêmio de Melhor Beijo no MTV Movie Award de 2000.

Aqui, o beijo na íntegra:

10. A química de Reese e Ryan

Realmente dava para ver como Sebastian ficava transtornado com o que sentia por Anette. Seria amor de verdade?

Acho que estou me apaixonando por você...

Eu não confio em mim com você!

A química de Reese e Ryan deu tão certo que transpôs a telona. Os dois se apaixonaram durante as gravações, ficaram casados por oito anos e tiveram dois filhos juntos.

11. A tensão entre Kathryn e Sebastian

"Eu quero transar"

"E eu, não"

O melhor duelo é entre os vilões. Kathryn se sente rejeitada ao perceber que Sebastian não a deseja como antes, por estar completamente envolvido por Anette.

12. A cena final

Contém spoiler!

Logo após a redenção, Sebastian morre em um trágico acidente de carro.

Annete descobre todos os segredos de Kathryn no caderno dele.

E, para limpar a imagem do seu amor perdido, imprime diversas cópias do livro Cruel Intentions, com todas as memórias de Sebastian e as revelações sobre Kathryn.

Nunca desejamos tanto desmascarar uma vilã como esta — ainda mais ao som de Bittersweet Simphony!

E o Bem triunfa sobre o Mal!

Filmaço!


LEIA MAIS:

- Pulp Fiction: 20 anos da melhor trilha sonora de todos os tempos

- 30 motivos para comemorar os 30 anos do Esquadrão Relâmpago Changeman

Também no HuffPost Brasil:

Rock dos anos 90: músicos ontem e hoje

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: