NOTÍCIAS

Agora é grátis! WhatsApp deixará de cobrar assinatura anual de seus usuários

18/01/2016 10:49 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Bloomberg via Getty Images
People are seen as silhouettes as they check mobile devices whilst standing against an illuminated wall bearing WhatsApp Inc's logo in this arranged photograph in London, U.K., on Tuesday, Jan. 5, 2016. WhatsApp Inc. offers a cross-platform mobile messaging application that allows users to exchange messages. Photographer: Chris Ratcliffe/Bloomberg via Getty Images

O aplicativo WhatsApp não cobrará mais assinatura anual de seus usuários, de acordo com o anúncio em seu blog nesta segunda-feira (18).

"Por muitos anos, nós pedimos para pessoas pagarem uma assinatura anual. Com o nosso crescimento, entendemos que esta abordagem não estava funcionando bem", explicou a empresa na postagem.

O objetivo é alcançar pessoas que não possuem cartão de crédito e aumentar o número de usuários. "Muitos usuários não tinham cartão de débito ou crédito e eles temiam perder o acesso ao aplicativo após o primeiro ano de uso. Então, nas próximas semanas, vamos remover as taxas de assinatura do aplicativo."

A empresa esclareceu que, mesmo com a retirada das taxas, não pretende introduzir anúncios no aplicativo. Mas afirmou que a partir deste ano, vai testar ferramentas que permitirão aos usuários utilizar o WhatsApp para se comunicar com empresas e organizações que desejarem.

"Isso pode significar se comunicar com seu banco sobre se uma transação recente foi fraudulenta, ou com uma companhia aérea sobre um voo atrasado", disse a companhia.

O WhatsApp foi comprado em fevereiro de 2014 por Mark Zuckerberg, dono do Facebook. A assinatura anual de serviço do aplicativo foi anunciada em 2013. A anuidade de US$ 0,99 é cobrada após o primeiro ano de uso aos novos usuários.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: