ENTRETENIMENTO

Palco da trilogia de David Bowie, Berlim faz homenagem e 'rebatiza' rua onde cantor viveu

14/01/2016 11:25 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Fãs do cantor britânico David Bowie, morto no domingo (10) aos 69 anos, resolveram prestar uma homenagem postura ao artista em Berlim (Alemanha). Na noite desta quarta-feira (13), a Hauptstrasse, no bairro de Schöneberg, virou David-Bowie-Strasse por uma noite. A iniciativa foi de uma rádio da capital alemã.

Pünktlich zu unserer Sondersendung "Ashes to Ashes" haben wir die Schöneberger Hauptstraße in "David-Bowie-Straße"...

Publicado por radioeins em Quarta, 13 de janeiro de 2016


Há uma petição online pedindo às autoridades alemãs que Bowie dê nome oficialmente a uma rua em Berlim. A escolha pela Hauptstrasse para a homenagem não foi por acaso: foi lá que o cantor viveu durante a chamada ‘Era Berlim’ da sua carreira, entre 1976 e 1978, que artisticamente foi bastante prolífica.

Viver em Berlim permitiu a Bowie se refazer artisticamente, após um período conturbado vivendo em Los Angeles (EUA), conforme relembrou nesta semana o semanário inglês The Guardian. Na passagem pela capital alemã, Bowie produziu três trabalhos singularesLow (1977), Heroes (1977) e Lodger (1979).

“Culturalmente, David Bowie fez muito por essa cidade”, escreveu um berlinense na página da petição que quer uma rua com o nome do cantor. As chances disso acontecer são boas, segundo o jornal Berliner Morgenpost: das 1,6 mil petições apresentadas em 2014 às autoridades da cidade, um quarto foi acolhido integralmente ou parcialmente.

No Parlamento alemão, o partido União Democrática Alemã (CDU), da primeira-ministra Angela Merkel, lidera uma iniciativa para que uma placa em memória de Bowie seja colocada no apartamento onde o cantor viveu na cidade. “Muitos fãs já seguem os passos de Bowie em Berlim, e agora mais pessoas o farão. É uma forma deles criarem um ponto de encontro”, informou a legenda.

Cremado sem cerimônia

Segundo o tabloide inglês Daily Mirror, o corpo de David Bowie foi cremado em Nova York (EUA) logo após a sua morte, sem a presença de parentes ou amigos. A publicação afirma que esse seria o ‘desejo do artista’ e nos Estados Unidos o processo é mais rápido e barato, com as cinzas sendo repassadas aos familiares pouco tempo depois do procedimento.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:


LEIA TAMBÉM

- As 6 razões que tornaram David Bowie um artista único

- ASSISTA: Madonna homenageia David Bowie cantando clássico 'Rebel Rebel'

- Estas fotos mostram por que David Bowie é e sempre será um ícone fashion

- Não, David Bowie não tinha os olhos de cores diferentes