NOTÍCIAS

Menino somali que constrói os próprios brinquedos terá agora a chance de estudar

14/01/2016 17:04 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Guled Adan Abdi tem apenas 13 anos e é um garoto diferente dos da sua idade. Ele vive na Somália e é apaixonado por fazer brinquedos eletrônicos com material reciclado, principalmente com garrafas de óleo usadas.

Autodidata, Guled aprendeu como instalar motor nos brinquedos que ele mesmo monta, observando o funcionamento de carros de verdade. Sua história foi revelada pela BBC África.

"Eu comecei a fazer brinquedos quando eu era mais novo, e costumava brincar com eles sem nenhum motor. No entanto, mais tarde, eu me perguntei: 'Por que você não os transforma em máquinas motorizadas?'", contou ele à emissora, acrescentando que criou os motores observado os carros em Buhodle, cidade onde vive.

Órfão de pai, o menino vive com a mãe, um irmão e uma irmã, e frequenta o terceiro ano da escola, onde a maioria dos alunos tem oito anos de idade. De acordo com a reportagem da BBC, quando as coisas ficam complicadas financeiramente para a família, eles voltam para uma área remota da região, onde vivem seus parentes. Quando está lá, o menino não pode ir à escola.

Mesmo com uma frequência escolar abaixo do desejado, foi Asha Ahmed Omar, um professor de Guled, o principal entusiasta de seu trabalho. Além de estimular o jovem, o docente comprou algumas baterias - que custam cerca de R$ 1 - para que o garoto prosseguisse com o seu trabalho, que nem sempre foi apoiado pela família: sua mãe chegou a jogar algumas de suas invenções no lixo.

Como sua fama se alastrou pela cidade, o garoto foi convidado para ir a Garowe, cidade principal da regão semi-autônoma de Puntland. Comovido com a história de Guled, o presidente da província se comprometeu a financiar sua educação.

"Eu quero, gradualmente, aprender como fazer carros de verdade", contou ele à BBC. Alguém duvida?

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: