NOTÍCIAS

Neymar não driblou a Justiça espanhola. Jogador vai depor em investigação de fraude e corrupção

13/01/2016 12:07 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

neymar fall

Em campo, um dos três melhores do mundo. Fora do gramado, Neymar vai precisar se explicar ou pode acabar indiciado na Espanha por corrupção.

O jogador será ouvido pela Justiça da Espanha sobre o caso que investiga sua contratação para o Barcelona. O camisa 11, que é suspeito de corrupção privada e fraude, vai precisar comparecer ao tribunal no dia 2 de fevereiro.

O pai do jogador, Neymar Da Silva Santos, e a mãe, Nadine Gonçalves Da Silva Santos, também serão ouvidos na mesma data.

No dia anterior ao depoimento de Neymar, a Justiça ouvirá Sandro Rosell, ex-presidente do Barcelona, representantes do Santos e a empresa que representa Neymar, a N&N Consultoría Esportiva e Empresarial.

De onde vem o processo?

neymar sad

Os problemas extracampo nasceram de um processo aberto pela DIS, que gerenciava parte dos direitos econômicos de Neymar ele ainda era jogador do Santos.

Se uma possível condenação máxima ocorrer, Neymar poderia pegar até oito anos de prisão. A outra opção seria uma multa milionária.

A DIS reclama da divisão do pagamento feito pelo Barcelona e afirma que deveria receber 40% do total investido pela equipe da Catalunha. Nas investigações ficou claro que o valor real pago por Neymar chegou a 83 milhões de euros (R$ 357 milhões), sendo que 40 milhões de euros (R$ 172,1 mihões) acabaram direto para Neymar em contratos manipulados.

Além de Neymar, os dirigentes do Barcelona acabaram acusados de delito fiscal. O ex-presidente do clube, Sandro Rosell, pode acabar preso por até sete anos e desembolsar 25 milhões de euros (R$ 107,5 milhões) como multa.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: