COMPORTAMENTO

O dia que David Bowie foi preso por posse de maconha no interior de Nova York

12/01/2016 12:43 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

david bowie mugshot

David Bowie tem motivos para não lembrar de Rochester, no interior do estado de Nova York, com tanto carinho.

Foi lá que na noite de sábado de 21 de março de 1976, após um show no Community War Memorial, Bowie e outras três pessoas - incluindo o mito do punk Iggy Pop - acabaram presos.

A acusação? Posse de aproximadamente 220 gramas de maconha.

A prisão aconteceu às 2h25 da madrugada na suíte de três quartos então ocupada por Bowie. Quatro detetives e um investigador da polícia do estado realizaram a prisão.

bowie 1976

Bowie em imagem da turnê daquele ano

A noite na cadeia resultou no retrato clássico, com plaquinha e tudo. Pela acusação, Bowie poderia ficar até 15 anos preso.

Bowie, então com 28 anos, pagou a fiança dele e dos demais acusados que o acompanhavam e pegou a estrada para shows em Springfield (Massachusetts) e New Haven (Connecticut).

Ele voltou a Rochester dias depois para se dizer inocente. "Uma multidão de cerca de 200 policiais, fãs e repórteres estiveram por lá", conta o jornal local.

Detalhe: os primeiros depoimentos dos músicos foram tomados pelo juiz Alphonse Cassetti no dia 20 de abril, o Dia da Maconha.

Bowie, como você pode prever, se livrou da acusação e da cadeia. E não voltou a tocar em Rochester.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: