NOTÍCIAS
12/01/2016 16:34 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Em meio a proibições, Uber contrata profissionais para seus escritórios em São Paulo, Porto Alegre e em Recife

Apesar das polêmicas envolvendo suas operações no País, a Uber anunciou nesta terça-feira (12) que está contratando profissionais para seus escritórios nas cidades de São Paulo, Recife e Porto Alegre.

Em um e-mail enviado a todos os usuários nesta terça, o aplicativo anunciou que está com oito vagas abertas para cargos de gerência e advogados: cinco de Gerente Geral, uma de Gerente de Operações e duas de Advogado (regulatório e contencioso).

As vagas exigem formação acadêmica consistente, experiência na área de atuação, fluência em inglês e em português, entre outros requisitos.

"Na Uber a disrupção está no nosso DNA. Nosso time é fenomenal porque cada um se sente responsável por essa revolução", escreveu o Diretor Geral da empresa no Brasil.

Para concorrer às vagas, os interessados devem acessar o site de carreiras da empresa, escolher o local da oportunidade (São Paulo, Porto Alegre ou Recife) e se inscrever.

Polêmicas

A empresa anunciou as vagas em meio às polêmicas sobre sua regulamentação em diversas cidades. As posições são em São Paulo, Recife e Porto Alegre -- justamente nas cidades em que o app não está regulamentado.

A falta de regulamentação, no entanto, não inibiu a empresa, que continua operando normalmente. No último dia 5, um motorista da Uber foi agredido por taxistas em São Paulo. Segundo o site G1, o motorista foi cercado por cinco taxistas e seu carro foi destruído.

Esta não é a primeira vez que um motorista da Uber é agredido por taxistas. Já foram registrados casos no Distrito Federal e em Porto Alegre. Também em São Paulo, um motorista chegou a ser sequestrado e agredido por taxistas no Itaim Bibi, área nobre da cidade, informou a Folha de S. Paulo.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: