MULHERES

Conar abre processo para avaliar novo comercial 'polêmico' de O Boticário

12/01/2016 12:06 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Reprodução/YouTube

O Conar (Conselho Nacional de Autorregulação Publicitária) abriu na última segunda-feira (11) um processo para avaliar o novo comercial de O Boticário. Desde seu lançamento, na última semana de dezembro, a propaganda tem dividido opiniões dos consumidores e foi considerada "machista" pelos internautas.

O filme mostra três casais prestes a assinarem o divórcio e seus relatos sobre como o relacionamento caiu na rotina. No dia de assinar os papéis, a marca ajuda a aumentar a "autoestima" das mulheres, maquiando-as.

O objetivo era reacender a autoconfiança das mulheres divorciadas, mas muitas pessoas não gostaram muito da mensagem, criticando a forma de como O Boticário encontrou ao falar do tema e empoderamento.

A posição dos homens também incomodaram os consumidores, já que no filme, os maridos não se mostraram sensibilizados com o fim do relacionamento e atrelando tal dificuldade apenas às mulheres.

Procurado pelo HuffPost Brasil, o Conar confirmou a abertura do processo. Até ontem à tarde, o órgão recebeu três queixas de consumidores que consideraram o comercial "machista".

Segundo o órgão, a propaganda será julgada ao longo de fevereiro pelo Conselho de Ética e, enquanto isso, ela pode continuar sendo veiculada normalmente.

"O Conar é uma entidade que acredita na autorregulação, não há multa nem punição", disse o assessor de imprensa do órgão. Se o Conselho julgar o comercial antiético, o órgão vai sugerir a retirada espontânea da peça ao O Boticário.

Outro lado

Em nota, a marca afirmou que até o momento não recebeu notificação do Conar referente à campanha. "A proposta do filme 'Linda Ex', que estreou no dia 27 de dezembro, é mostrar como as pessoas tornam-se mais seguras, confiantes e dispostas a despertar o que há de melhor em sua essência quando se sentem bonitas", disse O Boticário. "Acreditamos que a beleza é um estímulo para recomeçar, transformar e abrir novos caminhos, até mesmo nas decisões mais difíceis da vida."

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: