NOTÍCIAS

Não, David Bowie não tinha os olhos de cores diferentes

11/01/2016 18:27 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

bowie eyes

Não, David Bowie não tinha os olhos de cores diferentes. Ele sofria de uma midrísase permanente por causa de uma briga. Como explica a BBC, a pupila esquerda de Bowie ficou permanentemente dilatada depois de um soco que ele levou do seu amigo George Underwood, por causa de uma menina por quem os dois eram apaixonados.

“Não sou o tipo de cara que sai dando soco na cara dos outros. Juro que não é meu estilo”, contou, rindo, George Underwood em uma entrevista à TV inglesa, em novembro de 2012. Mas a briga não impediu os dois de trabalhar juntos. David Bowie, sem guardar rancor, pediu ao amigo, que é pintor, que ilustrasse alguns de seus primeiros discos.

Como Hunky Dory, o quarto álbum de Bowie, lançado em 1971:

hunky dory

A dilatação da pupila, um reflexo natural

As pupilas se dilatam naturalmente quando está escuro, para captar a maior quantidade de luz possível. Essa dilatação, cujo termo técnico é midríase, ocorre nos dois olhos e é temporária.

É por este motivo que os médicos costumam checar o reflexo automático dos olhos à luz. Quando não há dilatação da pupila, pode ser sinal de um problema cerebral, como um tumor ou um aneurisma, ou até mesmo coma, quando as duas pupilas não se retraem.

Quanto uma das pupilas se mantém dilatada (em midríase) – ou, o contrário, contraída (miose), ocorre o fenômeno chamado de anisocoria. Se for causado por um trauma, como no caso de Bowie, ele é benigno: as pupilas não têm o mesmo tamanho e às vezes têm cores diferentes.

Este artigo foi originalmente publicado pelo Le HuffPost e traduzido do francês.


SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: