LGBT

Filme 'A Garota Dinamarquesa', sobre mulher transgênera, é banido do Qatar por ser considerado 'depravado'

11/01/2016 20:09 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Em ato de censura, o filme A Garota Dinamarquesa, baseado na história de Lili Elbe (1882-1931), mulher transgênera pioneira por ser uma das primeiras a fazer a cirurgia de mudança de sexo, foi banido dos cinemas do Qatar. O motivo? A obra foi considerada "depravada" no país árabe.

Diversos protestos na internet contra a exibição do longa pressionavam as autoridades do país, que tomaram a decisão, anunciada pelo Ministério da Cultura no Twitter, nesta segunda-feira (11).

"Agradecemos pela firme vigilância", disse o governo, no tweet.

the danish girl

Redmayne é cotado para o Oscar de melhor ator pelo papel

Segundo o Guardian, A Garota Dinamarquesa foi exibido no Qatar pela primeira vez na última quinta-feira (7). O filme foi retirado de exibição nesta segunda, logo após pedido das autoridades, como disse um funcionário da rede de cinema Doha ao jornal, sem se identificar.

O longa é dirigido por Tom Hooper (Os Miseráveis) e protagonizado por Eddie Redmyane (ganhador do Oscar por A Teoria de Tudo). Alicia Vikander faz papel de esposa da protagonista.

A Garota Dinamarquesa recebeu três indicações ao Globo de Ouro, nas categorias de melhor ator e atriz em filme drama (Redmayne e Vikander) e melhor trilha sonora.

Estreia no Brasil dia 11 de fevereiro.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: