NOTÍCIAS

Bebês prematuros: Estas lindas imagens mostram como eles chegam longe (FOTOS)

10/01/2016 19:57 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02
Catherine Rice

Quando Lucy Loomis deu à luz seu filho Elijah, com 30 semanas de gravidez, ele pesava 790 gramas. Depois de 91 dias na UTI neonatal, o bebê finalmente teve alta. Hoje ele é um menino ativo de dois anos.

“Foi uma montanha-russa emocional, mas somos muito gratos por ele estar vivo e bem!”, disse Loomis ao The Huffington Post.

elijah na uti neonatal e hoje

Essa “montanha-russa” emocional é bem conhecida por muitos pais. Em 2014, cerca de 1 em cada 10 bebês nasceu prematuramente nos Estados Unidos.

O termo prematuro se refere a bebês nascidos antes das 37ª semana de gestação. A prematuridade é uma das principais causas de morte e de problemas neurológicos de longo prazo entre crianças, segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

Apesar de os índices de nascimentos prematuros indicarem sinais de declínio nos últimos anos, um levantamento global sobre o tema deu nota C para os Estados Unidos, observando que “o índice de bebês prematuros é mais alto que o da maioria dos países de alta renda”.

Dentro do país, há muita variação. Estados como Louisiana, Mississippi e Alabama receberam nota F, enquanto Washington, Oregon, Idaho e Vermont receberam nota A.

Onde quer que morem, os pais de bebês que nasceram antes da hora são muito ligados a essa causa. Em homenagem ao Mês de Conscientização sobre a Prematuridade, pedimos que os participantes da comunidade HuffPost Parents compartilhassem fotos de seus bebês logo depois do nascimento e hoje.

Eis 26 fotos desses pequenos lutadores e suas histórias – para comemorar o progresso deles e inspirar pais que têm bebês na UTI neonatal.

  • Catherine Rice
    “Com 17 semanas, me disseram que meu bebê ia morrer. Ele era muito pequeno e não conseguia obter nutrientes suficientes para crescer.

    Eu não ia desistir do meu filho, então fui monitorada de perto. Jonah nasceu em 7 de novembro de 2014, pesando 990 gramas.

    Ele ficou na UTI neonatal, a uma hora da minha casa, durante 78 dias. Agora ele está com um ano e pesa 6,35 quilos.

    Ainda é pequeno, mas está crescendo no seu ritmo. Ele já passou por muita coisa na vida. É meu pequeno lutador.”
  • Amanda MaKay
    “Ambos os meus bebês nasceram prematuros, então vou lembrar para sempre da minha experiência com a equipe da UTI neonatal.

    Nossa filha nasceu seis semanas e meia antes da hora e, apesar de mais saudável que o irmão na hora do nascimento, ambos caíram para 1,7 quilo.

    Ela é a luz da nossa vida, e os dois são o par perfeito para a nossa família.”
  • Lucy Loomis
    “Meu filho Elijah nasceu com 30 semanas e um dia. Minha bolsa estourou quando eu estava na 24ª semana de gravidez e tive de ficar em repouso no hospital durante um mês e meio antes de ele nascer.

    Por causa de uma condição chamada restrição de crescimento intra-uterino, ele pesava 790 gramas e media 28 centímetros. Ele passou 91 dias na UTI neonatal.

    Foi uma montanha-russa emocional, mas somos muito gratos por ele estar vivo e bem! Agora ele está com dois anos. Ele tem intolerância a lactose, mas tirando isso está fantástico! É uma criança ativa.”
  • Nikki Lonergan
    “Meu Talan nasceu há 9 anos, com 26 semanas e pesando 1,25 quilo. Ele passou dois meses na UTI neonatal e tudo foi muito bem. Ele superou os problemas normais de sopro no coração, sangramento cerebral, alimentação por tubos e apneia.

    Quando chegou a 1,8 quilo e veio para casa, ele também teve de lidar com problemas musculares no pescoço e demorou um pouco para começar a falar. Mas tudo se resolveu com terapia.

    Hoje ele é extremamente saudável e inteligente, ótimo jogador de futebol e excelente aluno. Somos muito abençoados e gratos por ter essa linda história para contar. Milagres realmente acontecem todos os dias.”
  • Angel Stanton
    “Drew nasceu com 35 semanas. Seus pulmões tinham problemas, e ele foi para a UTI neonatal. Para mim e meu marido, foram as duas semanas mais longas das nossas vidas.

    Na UTI, ele teve icterícia e por isso precisou ficar um tempo a mais. Quando o trouxemos para casa foi incrível. Hoje ele é um menino de 6 anos feliz, saudável e cheio de energia. Agradeço a Deus todos os dias por nosso pequeno prematuro!”
  • Tiffany Jenkins
    “Minhas gêmeas, Stevie e Harper, nasceram com 34 semanas e passaram três na UTI neonatal. Elas tinham dificuldades para respirar, manter a temperatura do corpo e comer.

    Tivemos muita sorte de contar com a equipe da UTI para nos guiar por todo o processo. Somos muito abençoados, porque nossas meninas agora têm 10 meses e estão muito bem.

    Estão quase na média dos bebês de 10 meses.”
  • Jessica Koegler Yeager
    “Jack está com dez anos. Ele nasceu seis semanas antes da hora e passou três semanas na UTI neonatal.”
  • Caili Lewis
    “Nosso bebê Bodie nasceu com 34 semanas, pesando 2 quilos. Uma malformação uterina foi identificada nos primeiros ultrassom que fizemos. Bodie é nosso bebê milagroso, pois esse problema causa muitos abortos naturais.

    Também sabíamos que havia muitas chances de ele nascer prematuramente. Por sorte, ele só ficou 18 dias na UTI neonatal. Agora temos um bebê forte e saudável de seis meses.”
  • Lori Weinheimer
    “Meu filho Parker nasceu em 9 de julho de 2006, com 30 semanas. Ele pesava 1,27 quilos e passou 49 dias na UTI neonatal. Ter um bebê que vai para a UTI é ao mesmo tempo a melhor e a pior coisa da vida.

    Mesmo depois de chegar em casa, existem desafios. Ele é um guerreiro – está com nove anos e na quarta série. Parker é um carinha forte e incrível.

    Ele é pequeno para a idade, mas todo mundo que faz comentários ouve como resposta que o tamanho dele é ‘engraçado’.”
  • Kristine Coma
    “Esse é meu filho, Jesse. Ele nasceu com seis semanas e seis dias de gestação. Pesava 960 gramas e media 34,3 centímetros, mas chegou a cair para 765 gramas.

    Ele passou 66 dias na UTI neonatal, passando por altos e baixos. Em casa foi a mesma coisa. Mas agora ele está ótimo! Tem nove meses e pesa 7,15 quilos e mede 62,2 centímetros.

    A chegada dele foi meio atribulada, mas agora ele está pronto para encarar o mundo!”
  • Gabriele Ogoley
    “Elliott nasceu oito semanas prematuro, um mês depois de minha bolsa estourar. Ele pesava 1,45 quilos e media 40 centímetros.

    Passou seis semanas na UTI neonatal e veio para casa com um tubo de oxigênio. Agora ele tem quase 15 meses, e tudo vai maravilhosamente bem.”
  • Amanda MaKay
    “Ambos meus bebês nasceram prematuros, então vou lembrar para sempre da minha experiência com a equipe da UTI neonatal.

    Nosso filho, que nasceu mais de oito semanas antes da hora, tem 6 anos e é uma bola de energia, constantemente em movimento.”
  • Jodi Victorn
    “Tenho um par de gêmeos nascidos com exatamente 33 semanas. Eles ficaram 24 e 34 dias na UTI neonatal. Para a nossa surpresa, Maxwell (o bebê B) nasceu com albinismo, e Miles, não.

    Eles passaram por desafios no começo da vida e vieram para casa com monitores de apneia. Mas agora eles são crianças de 2 anos normais, felizes e saudáveis.”
  • Kimberly Marcum
    “Este é meu filho, meu milagre! Ele nasceu numa cesariana de emergência na 26ª semana, porque eu tive síndrome HELLP. Ele pesava apenas 550 gramas, teve várias complicações e passou 157 dias na UTI neonatal.

    Agora ele está com 9 anos e fico maravilhada com meu filho! Ele me lembra todos os dias que milagres realmente acontecem.”
  • Christine Burki
    “Meus gêmeos, Breckin e Cameron, nasceram na 30ª semana de gestação. Eles pesavam 1,38 quilo e ficaram 54 dias na UTI neonatal. Hoje eles têm 21 meses, são saudáveis e estão muito bem!”
  • Erin Rubenstein
    “Meu filho Luke nasceu com 29 semanas e seis dias. Ele pesava pouco mais de 900 gramas e media 33 centímetros. Agora Luke tem três anos e é um menino feliz, engraçado e que adora dançar!”
  • Malorie Blake
    “Minha filha Makenzie nasceu 11 semanas antes da hora e pesava 1,25 quilo. Ela passou 45 dias na UTI neonatal.

    Hoje ela é uma menina inteligente e feliz que acaba de completar 4 anos. Infelizmente, porque ela nasceu cedo demais, Makenzie sofre de paralisia cerebral.

    Ela não consegue caminhar sozinha, mas somos diligentes na terapia e nos certificamos de que ela tem todas as oportunidades possíveis para ficar bem!

    Minha filha me traz alegria e inspiração todos os dias. Sou muito orgulhosa por ser sua mãe e compartilhar dessa jornada de uma bebê prematura e de uma família com necessidades especiais.”
  • Adrienne Pender
    “Seth Thomas Pender Jr. nasceu em 2 de agosto de 2015, com 33 semanas. Ele passou 16 longos dias na UTI neonatal.

    No nascimento, Seth pesava 2,46 quilos, e na UTI o peso caiu para 2,13 quilos.

    Hoje ele tem três meses e meio e é um menino muito feliz e saudável!”
  • Erika Wiggins
    “Essa é minha filha, Bay Olivia. Ela nasceu oito semanas prematura e enfrentou muitos dos problemas normais para bebês que nascem antes da hora.

    Sofreu com refluxo até completar um ano. Outro problema menos comum que ela teve foi um pólipo que apareceu nas suas cordas vocais durante os dois meses que ela passou na UTI neonatal. Agora ela tem dois anos e não poderia estar mais saudável!!!

    Ela alegra a família inteira. É nosso milagre.”
  • Heather Leonard
    “Jasper nasceu cinco semanas prematuro, em 29 de agosto de 2010. Ele foi para a UTI neonatal não por estar abaixo do peso ou com problemas de desenvolvimento, mas porque tinha um furo no pulmão que só foi descoberto na madrugada do dia em que teríamos alta.

    A situação foi aterrorizante, mas somos abençoados por tudo ter acontecido desse jeito. Agora ele tem 5 anos, e seu futuro não tem limites.

    Essa criança amável e de alma antiga enche meu coração de alegria diariamente.”
  • Mei Leroy
    “Nascida em julho com 32 semanas, e ontem, com o polvo da UTI neonatal.”
  • Rebecca Bell
    “Meu menino Junior nasceu com 28 semanas; ele pesava 1,13 quilo. Passou duas semanas na UTI neonatal e depois mais uma semana respirando com ajuda de aparelhos por causa da apneia.

    Aí, uma semana depois ele teve de receber oxigênio – foram mais duas semanas assim, e depois ele voltou para a unidade de terapia intensiva. Junior tinha um sopro no coração, mas ele se fechou quando ele tinha cerca de quatro meses.

    Ele ficou no hospital desde o nascimento – 22 de janeiro de 2015 – até o dia 30 de março. Desde que ele chegou em casa, tudo virou uma memória distante – agora ele tem dez meses.

    Ele engatinha, tenta falar. E pesa 9,75 quilos – já está no peso normal para a idade. Ele está incrível, sou muito orgulhosa. Ele sempre vai ser meu milagre.”
  • Rebecca Kilpatrick
    “Riley nasceu um mês antes da hora, depois de eu passar um mês e meio no hospital. Tínhamos alto índice de glicose no sangue e pouco fluido.

    Ele tinha dificuldade para respirar e comer. Ryker passou cerca de duas semanas antes de vir para casa. Ele é incrível, engraçado e inteligente.”

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: