ENTRETENIMENTO

Os 5 filmes essenciais do Studio Ghibli, segundo o British Film Institute

08/01/2016 19:41 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02

O cineasta japonês Hayao Miyazaki completou 75 anos de idade na última terça-feira (5).

Diretor, roteirista, produtor, animador e artista de mangá, Miyazaki tem criado histórias fantásticas há mais de 50 anos.

Junto com o Ghibli – estúdio que ele co-fundou em 1985, com Yasuyoshi Tokuma, Toshio Suzuki e Isao Takahata –, o mestre tem feito história no cinema com suas obras inesquecíveis e representado com peso a cultura japonesa pelo mundo. Os artistas do estúdio desenham com lápis e papel, ao contrário dos animadores de Hollywood.

Miyazaki é conhecido, também, por criar protagonistas femininas fortes e autossuficientes; outros elementos recorrentes em suas obras são o sobrenatural, as relações humanas e a imponência da natureza.

Talvez seu maior sucesso seja A Viagem de Chihiro (Sen to Chihiro no kamikakushi, 2001), pelo qual ele venceu o Oscar de melhor animação e o Urso de Ouro, prêmio máximo do Festival de Berlim. Com Vidas ao Vento (Kaze tachinu, 2013) ele se despediu do posto de diretor de longa-metragens.

Outros títulos indispensáveis são O Castelo Animado (Hauru no ugoku shiro, 2004), Princesa Mononoke (Mononoke-hime, 1997) e Nausicaä do Vale do Vento (Kaze no tani no Naushika, 1984).

Para Roger Ebert, um dos críticos de cinema mais respeitados, Miyazaki é o melhor da história no que faz.

Abaixo, uma seleção feita pelo British Film Institute dos cinco filmes essenciais do estúdio, para comemorar o aniversário e o legado de Miyazaki. Alguns dirigidos por ele próprio.

Mas não apenas por isso – assim como nós, do HuffPost Brasil, ele gosta de gatos:

Agora vamos à lista:

  • 'Meu Amigo Totoro' (1988)
    Giphy
    Mei é uma jovem que encontra uma pequena passagem em seu quintal, que a leva à um lendário espírito da floresta conhecido como Totoro. Sua mãe está no hospital, e seu pai divide o tempo entre dar aulas na faculdade e cuidar de sua mulher doente. Quando Mei tenta visitar a mãe por conta própria, se perde na floresta, e só o grande e fofo Totoro pode ajudar a menina a achar o caminho de volta para casa.

    (via Studio Ghibli Brasil)

    Direção: Hayao Miyazaki
    IMDb: 8.3
  • 'Túmulo dos Vagalumes' (1988)
    Giphy
    Um dos filmes mais assistidos no Japão, Túmulo dos Vagalumes narra a história de dois irmãos que perdem tudo durante a Segunda Guerra Mundial. Este filme conta o outro lado da Guerra, sendo considerado um clássico.

    (via Studio Ghibli Brasil)

    Direção: Isao Takahata
    IMDb: 8.5
  • 'Omohide poro poro' (1991)
    Tumblr
    Conta a história de Taeko Okajima, uma mulher de 27 anos e ainda solteira, com um trabalho burocrático num escritório em Tokyo, cidade na qual nasceu e cresceu. Quando criança, Taeko morria de inveja das amigas que podiam ir para o campo e visitar os parentes, no período de férias. Por não possuir parentes no interior, Taeko tinha de permanecer em Tokyo o tempo todo, sonhando com o dia em que, finalmente, poderia realizar seu desejo de conhecer o campo.
    O filme ainda não foi lançado no Brasil.

    (via Studio Ghibli Brasil)

    Direção: Isao Takahata
    IMDb: 7.7.
  • 'Sussurros do Coração' (1995)
    Tumblr
    Conta a história de Shizuku, uma adolescente que está tentando descobrir quem é e o que será no futuro. O desenho mostra seu dia-a-dia e sua imaginação fértil que sempre a leva a mundos de fantasia, onde ela poderá enfim, encontrar quem ela é e descobrir um verdadeiro amor de onde ela menos imaginava.

    (via Studio Ghibli Brasil)

    Direção: Yoshifumi Kondô
    IMDb: 8
  • 'A Viagem de Chihiro' (2001)
    Giphy
    Chihiro é uma garota mimada e voluntariosa, que sê ve numa situação infeliz quando seus pais anunciam a mudança para uma cidade do interior, obrigando-a a abandonar seus amigos e a escola que tanto gostava. Durante a viagem, eles se perdem, e vão parar em outro mundo, o mundo dos deuses. Chihiro agora deverá amadurecer, se quiser salvar seus pais e voltar a ver seu mundo.

    (via Studio Ghibli Brasil)

    Direção: Hayao Miyazaki
    IMDb: 8.6


(via BFI)

Feliz aniversário, Miyazaki!

hayao miyazaki

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: