ENTRETENIMENTO

Bafta 2016: 'Carol' e 'Ponte de Espiões' lideram com 9 indicações cada; documentário sobre Malala também concorre

08/01/2016 15:55 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02
Divulgação/Montagem

LONDRES (Reuters) - O romance lésbico Carol e o drama da Guerra Fria Ponte dos Espiões lideraram as nomeações para o prêmio Bafta, concedido pela Academia Britânica de Artes do Cinema e Televisão, com nove indicações cada.

Carol, que estrela Cate Blanchett como uma mulher casada que se apaixona por uma vendedora de loja (Rooney Mara) na Nova York dos anos 1950, recebeu grandes elogios da crítica desde que estreou no Festival de Cinema de Cannes, em maio.

As indicações do longa ao Bafta incluem as categorias melhor atriz para Blanchett, melhor atriz coadjuvante para Mara, melhor roteiro adaptado, cinematografia, melhor figurino, maquiagem e cabelo, melhor design de produção e prêmios a serem concedidos ao diretor Todd Haynes.

Ponte de Espiões, que estrela Tom Hanks como um advogado que negocia a libertação de um piloto norte-americano capturado pela União Soviética durante a Guerra Fria, recebeu as indicações de melhor direção, para Steven Spielberg, e de melhor filme.

Mark Rylance foi indicado a melhor ator coadjuvante, e o drama concorre também aos prêmios de melhor roteiro original, som, cinematografia, música original, montagem e design de produção.

O Regresso, no qual um ataque de urso provoca uma jornada por vingança, recebeu oito indicações, incluindo melhor filme, melhor ator, para Leonardo DiCaprio, e melhor diretor, para Alejandro G. Iñarritu, vencedor do Oscar do ano passado por Birdman.

A cerimônia para anunciar os vencedores está marcada para 14 de fevereiro, em Londres.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: