NOTÍCIAS

Edição especial da Charlie Hebdo estampa charge de Deus com roupa suja de sangue

04/01/2016 13:33 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02
Reprodução/Twitter

"Um ano depois, o assassino ainda está à solta"

A frase acima estampa a capa do exemplar especial da revista Charlie Hebdo que marca um ano do atentado, que matou 12 pessoas dentro da redação do semanário.

A figura escolhida pelos cartunistas - conhecidos pelas sátiras, inclusive do islã - para ilustrar a capa foi uma charge de um Deus barbudo, um fuzil Kalashnikov nas costas e a roupa suja de sangue.

A edição especial, com 32 páginas, terá uma seleção de caricaturas dos cartunistas que morreram no ataque e dos que integram atualmente a redação, além mensagens de apoio. A publicação será lançada na próxima quarta-feira, dia 6 de janeiro, véspera do primeiro aniversário do atentado, com quase um milhão de exemplares.

O Charlie Hebdo afirmou que já recebeu muitas encomendas do número especial de outros países, incluindo 50 mil exemplares para a Alemanha. Atualmente, a publicação vende cerca de 10 mil cópias internacionalmente e aproximadamente 100 mil nas bancas franceses.

A publicação do número especial ocorre em um momento de crescente receio quanto a ataques terroristas na Europa, depois que jihadistas ligados ao movimento extremista Estado Islâmico mataram 130 pessoas, em Paris, em meados de novembro, em atentados coordenados.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: