MULHERES

Pela primeira vez, Bill Cosby é indiciado e pode pegar até 12 anos de prisão por caso de estupro

30/12/2015 17:51 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Agora ficou sério para Bill Cosby.

Após mais de 50 acusações de abuso sexual por diversas mulheres, Bill Cosby foi, nesta quarta-feira (30), pela primeira vez, indiciado por um dos casos.

O comediante americano de 78 anos, foi formalmente acusado e teve um mandado de prisão expedido sob a acusação de ter drogado e abusado sexualmente Andrea Constand, uma ex-funcionária da Universidade de Temple em 2002, onde Cosby estudou e foi integrante da direção. O comediante pode ser sentenciado a até doze anos de prisão.

O episódio teria ocorrido na mansão do humorista em Elkins Park, na Pensilvânia. As informações foram divulgadas pela revista People.

Andrea não comentou o caso, mas segundo informações da revista, uma de suas advogadas agradeceu à do condado de Montgomery, também na Pensilvânia:

"Obviamente, nós agradecemos pela expressão de confiança", afirmou Dolores Troiani. "Vamos ver o que acontece. Esperamos que a justiça seja feita. Vamos cooperar totalmente".

Cosby já tinha sido interrogado em setembro de 2005 por Dolores Troiani, advogada de Andrea, que atualmente trabalha como massagista em Ontário, no Canadá.

bill cosby

Segundo informações da Reuters, em entrevista coletiva nesta quarta-feira (30), o promotor-assistente Kevin Steele anunciou: "O senhor Cosby foi indiciado por agressão indecente com agravante".

Segundo Steele, Cosby deverá se apresentar à juíza Elizabeth McHugh ainda na tarde desta quarta. Ele explicou:

"Na noite em questão, o senhor Cosby insistiu para que ela [Andrea Constand] tomasse pílulas dadas por ele além de vinho. Seu efeito a tornou incapaz de mover-se e de responder a suas investidas. Ele então cometeu uma agressão indecente agravada contra ela".

E acrescentou:

"A Justiça considera que o acusado comete algum tipo de penetração vaginal, penetração utilizando seus dedos, e que a pessoa faz isso sem o consentimento da denunciante. Examinando todas as evidencias, hoje podemos fazer justiça em nome da vítima".

Cosby também havia dito anteriormente que sua relação com Andrea Constand foi consensual, mas a ex-funcionária alega que, na época em que o crime ocorreu, ela estava em um relacionamento com outra mulher. Andrea se refere ainda ao humorista como um "narcisista" que não percebeu que ela era homossexual.

Elas quebraram o silêncio

Mais de 50 mulheres já alegaram terem sido drogadas e sexualmente violentadas por Bill Cosby, que nega as acusações desde o começo. Alguns incidentes ocorreram décadas atrás, e muitos deles já prescreveram. O caso atual, referente a Andrea, prescreve em janeiro de 2016.

O comediante vem negando repetidamente ter cometido qualquer delito e, recentemente, abriu um processo por difamação contra sete mulheres que o acusaram de estupro. O ator rotulou as acusações delas de "malvadas, oportunistas, falsas e difamatórias", e de serem "uma mera tentativa para conseguir dinheiro" e "arruinar" sua reputação.

(Com informações da Reuters)

ATUALIZAÇÃO:

Segundo a BBC, o comediante se apresentou à Justiça da Pensilvânia na tarde desta quarta-feira (30), mas não fez comentários sobre as acusações e o fato de ter sido indiciado. A CNN registou o momento no Twitter:


Segundo o Washington Post, a fiança de Cosby foi fixada em em US$ 1 milhão, e ele foi obrigado a deixar pelo menos 10% do valor para ser liberado. De acordo com documentos judiciais obtidos pelos repórteres do WP, Cosby já pagou exigido e pode ser liberado ainda hoje.

Cosby foi liberado após pagamento parcial da fiança e teve que entregar seu passaporte. Uma audiência preliminar no caso foi marcada para 14 de janeiro. Bill Cosby foi fichado após ouvir a determinação judicial:

bill cosby

*esta nota será atualizada com novas informações.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: