NOTÍCIAS
21/12/2015 11:27 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Museu do Amanhã propõe reflexão sobre meio ambiente, mas visitantes parecem ignorá-la

Após três anos de obras e muita expectativa, o Museu do Amanhã, erguido no Pier Mauá, na nova zona portuária do Rio de Janeiro, foi inaugurado ao público neste fim de semana.

Com uma proposta totalmente voltada à sustentabilidade, o museu de ciência provoca reflexões sobre o impacto das ações do homem nos diferentes ecossistemas desde o surgimento do Homo sapiens até hoje.

Os visitantes, no entanto, parecem ter ignorado o recado, tendo em vista a imagem que circulou nas redes sociais neste domingo. O entorno do museu ficou repleto de lixo.


Ao todo, duas toneladas foram recolhidas pelos garis, segundo a Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana).

Ao G1, o presidente da companhia afirmou que o museu recebeu um público maior do que esperado, e que a experiência "serviu de aprendizado". “A gente estava com 31 contêineres instalados, mas poderíamos estar com, no mínimo, 60 minimizarmos este tipo de problema”, disse.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: