NOTÍCIAS
15/12/2015 16:35 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Senador do DEM, Ronaldo Caiado 'copia' Luciana Genro, do PSol, e sugere eleições gerais em 2016

Montagem/Estadão Conteúdo

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) deu uma sugestão para lá de polêmica e que já foi esboçada pela esquerda na semana passada. Após a repercussão da mais recente Operação Catilinárias, que se focou em 53 mandatos de busca e apreensão contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), dois ministros e outros nomes vinculados ao PMDB, Caiado deixou claro que é preciso fazer algo a respeito.

Apesar de ousada, a sugestão de eleições para a Presidência da República e para o Congresso Nacional em 2016 não é de autoria do senador do DEM – amplo defensor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Na semana passada, a líder do PSol Luciana Genro, que foi candidata do partido de esquerda à Presidência em 2014, havia dado tal sugestão.

Na política brasileira são poucos os momentos em que esquerda e direita andam juntos. Ao que parece, neste caso aqui trata-se de uma dessas exceções.

ATUALIZADO ÀS 16H50: Em resposta ao HuffPost Brasil, Caiado publicou o link de uma entrevista ao Valor Econômico para comprovar que foi ele o primeiro a sugerir as eleições gerais em 2016.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:


LEIA TAMBÉM

- Cunha não renuncia e parte para o ataque: 'O responsável pelo assalto à Petrobras é o PT'

- Conselho de Ética decide manter processo de cassação de Eduardo Cunha

- Saiba quem são os deputados que quiseram livrar Cunha do Conselho de Ética

- Esses 16 tweets sobre a investigação da Polícia Federal na casa de Eduardo Cunha são a prova que a internet não perde a piada