NOTÍCIAS
14/12/2015 12:42 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Enchentes atingem mais de 10 mil pessoas e deixam 20 municípios em estado de emergência em Mato Grosso do Sul

Reprodução/Governo MS

Com a enchente que atingiu Fátima do Sul, município próximo a Campo Grande, subiu para 20 o número de municípios de Mato Grosso do Sul que decretaram situação de emergência por causa dos estragos provocados pela chuva das últimas semanas. A chuva atinge a região desde o fim de novembro.

Segundo a Defesa Civil do estado, 14 municípios em situação de emergência foram reconhecidos pelo governo estadual. Os demais decretaram emergência sem a intermediação do órgão. A Defesa Civil informa ainda que, até o momento, mais de 40 pontes foram destruídas e 27 rodovias interditadas.

Segundo o governo publicou em sua página do Facebook, foram "mais de 10 mil pessoas atingidas, mais de 80 pontes destruídas e mais de 3 mil quilômetros de estradas danificadas."

Os governos estadual e federal e as prefeituras estão trabalhando juntos para atender moradores e recuperar os prejuízos...

Posted by Governo de Mato Grosso do Sul on Terça, 8 de dezembro de 2015


O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, anunciou, na semana passada, que o governo federal enviará cerca de 1,7 mil kits de ajuda humanitária para auxiliar as famílias afetadas pela enchente em Mato Grosso do Sul.

Durante reunião com o governador Reinaldo Azambuja e prefeitos das cidades atingidas, Occhi afirmou que o governo apoiará a reconstrução das áreas destruídas e o restabelecimento das estradas.

"Neste primeiro momento, a prioridade é atender à população afetada, com cestas básicas, kits de limpeza, de higiene pessoal, kits dormitório e colchões. Já colocamos esse material à disposição do estado, por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional", disse Occhi.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), há previsão de chuva no nordeste e sul de Mato Grosso do Sul nos próximos dias.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: