ENTRETENIMENTO

Carrie Fisher diz que controvérsia sobre roupa de Princesa Leia como escrava é 'estúpida'

07/12/2015 12:46 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Para a atriz Carrie Fisher, 59, conhecida por interpretar a Princesa Leia na franquia Star Wars, a polêmica sobre o inesquecível traje de escrava da personagem em O Retorno do Jedi (1983) é "estúpida".

Caso você ainda não tenha visto esta roupa, aqui está:

carrie fisher

Na história de O Retorno do Jedi, Leia é escrava do gângster alienígena Jabba, o Hutt, que a mantém acorrentada pelo pescoço enquanto usa o traje.

Em novembro, foi levantada a possibilidade de o biquíni ser eliminado de toda publicidade da franquia, por causa da sexualização da personagem nele.

Além disso, uma recente reportagem da Fox 29 mostrou um pai de duas meninas, na Inglaterra, furioso ao encontrar em uma loja a boneca de Leia usando o traje.

"Isso é inapropriado", disse o pai. "[Minhas filhas] não precisam ver essa porcaria. Elas me perguntam, 'pai, por que essa boneca tem uma corrente em volta do pescoço?' Não tenho uma resposta para isso."

Fisher disse, em recente entrevista ao Wall Street Journal, que isso é "estúpido" e se referiu ao acontecido envolvendo o pai em sua fala:

"Diga a elas que uma lesma gigante me capturou e me forçou a usar aquela roupa estúpida e eu o matei porque não gostei disso. E então tirei roupa. Nos bastidores".

Fisher, como aponta o HuffPost US, continua a ser franca em entrevistas para promover Star Wars: O Despertar da Força, que estreia dia 17, e tem a atriz no elenco.

Em outubro, a intérprete de Leia mandou um recado para a jovem Daisy Ridley, protagonista do novo episódio da franquia: "Não seja uma escrava como eu fui. As pessoas vão ter fantasias com você! Isso vai fazer você se sentir desconfortável, eu suponho".

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: