COMPORTAMENTO
01/12/2015 13:20 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:35 -02

Amy Shummer agradece fotógrafa pela 'revolução' no Calendário Pirelli 2016: 'Obrigada, Annie Leibovitz'

Desde 1964, a Pirelli faz o clássico calendário e destaca mulheres (modelos, em sua maioria) que atendem ao padrão de beleza vigente com muito pouca roupa -- além de disponibiliza-lo para um número muito restrito de pessoas. Mas, em 2016, calendário ícônico quebrou este padrão e impressionou. Veja aqui.

A responsável por esta "revolução" é a fotógrafa Annie Leibovitz que já participou da edição de 2000 do calendário. Desta vez, ela trouxe mulheres "reais" e extremamente influentes -- não apenas aquelas que são valorizadas em uma passarela ou por ter um corpo magro e esguio. Entre elas, Amy Shummer, Yoko Ono, Serena Williams e até Patti Smith.

serena

Serena Williams (Abril)


Logo após o lançamento oficial do calendário Pirelli 2016, a atriz Amy Schumer expressou o seu orgulho através de um tuíte, no qual agradece a representatividade de todas as mulheres na edição fotografada por Annie Leibovitz:


("Bonita, grosseira, forte, magra, gorda, linda, feia, sexy, nojenta, impecável, mulher. Obrigada, Annie Leibovitz")

Yoko Ono, Patti Smith, Serena Williams, Fran Lebowitz, Amy Schumer, Tavi Gevinson, Ava DuVernay, Natalia Vodianova, Agnes Gund, Kathleen Kennedy, Mellody Hobson, Shirin Neshat e Yao Chen são alguns dos nomes já divulgados. "Quis retratar as mulheres exatamente da forma que elas são. Com isso, pretendi ressaltar as qualidades de cada uma", disse ela, no início da tarde desta segunda-feira, 30, em Londres, durante a coletiva de imprensa de apresentação do Calendário Pirelli de 2016.

"Eu comecei a pensar sobre os papeis que as mulheres desempenham, as mulheres que conquistaram algo", disse Leibovitz em um comunicado à imprensa. "Eu queria fazer um conjunto clássico de retratos", continuou ela. "Eu pensei que as mulheres deveriam ter um olhar forte, mas natural [...]. Este calendário é completamente diferente", concluiu.

Não ficou incrível? Veja mais fotos abaixo:

Calendário Pirelli 2016


"Quando pensamos em convidar Annie novamente, pedimos para que ela fizesse algo completamente diferente e que voltasse ao passado", disse o vice-presidente e CEO mundial da Pirelli, Marco Tronchetti Provera. Foi a chave para a fotógrafa inovar e não escolher modelos tradicionais. Também abriria mão da nudez, mesmo a parcial. E, finalmente, as fotos seriam realizadas em estúdio, sem grande produção."Resultou em um conjunto clássico de retratos em preto-e-branco."

As fotos foram feitas em Nova York, em maio passado. Annie Leibovitz privilegiou as mais experientes, ao convidar Agnes Gund, de 77 anos, e Yoko Ono, de 82.

"Ela me fez pensar na minha beleza, mesmo na minha idade", brincou Gund, uma das principais provedoras de museus dos EUA. "E ela nos propôs algo diferente", contou Yoko, em entrevista ao vídeo promocional - ela não estava em Londres. "Se não fosse assim, eu não aceitaria."

A experiência também se abriu para nomes pouco conhecidos no Ocidente, como a da atriz chinesa Yao Chen. Quando foi convidada ela foi convencida pelo marido para aceitar.

"Ele sabia da importância do trabalho da Annie e me disse: 'Vá, mesmo que seja para tirar fotos nua, eu não me importo'", divertiu-se.

O Calendário Pirelli tem uma tiragem de 12 mil exemplares e não é vendido, mas distribuído a clientes e formadores de opinião de todo o mundo.

(Com informações da Estadão Conteúdo)

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: