NOTÍCIAS
29/11/2015 19:15 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:34 -02

Uber, relações entre EUA e Cuba e o papel da TV na ditadura são temas da Fuvest

Estadão Conteúdo

As relações diplomáticas entre os Estados Unidos e Cuba, o papel da TV na ditadura militar e a importância da Transamazônica na ocupação da região Norte do País são temas cobrados na primeira fase da Fuvest, exame de acesso à Universidade de São Paulo (USP), neste domingo, 29. Outro assunto tratado, na prova de Inglês, foi a expansão de serviços sob demanda, como o Uber.

Renata Fernandes, de 22 anos, foi uma das primeiras a sair da prova na Uninove da Barra Funda, na zona oeste da capital. Ela quer fazer Letras e disse que as questões de Ciências Humanas estavam mais fáceis e atuais. "Em História, havia uma questão sobre escravidão que fazia um paralelo com situações da atualidade", conta. Em Geografia, um item citava o terremoto no Nepal, ocorrido no início do ano. Quem estava mais atualizado foi melhor."

Rodrigo Leal, de 18 anos, diz não estar preocupado com o resultado. "Fui bem em Humanas, mas nas Exatas foi cobrado muito conceito. Não sabia as questões de Química Orgânica", comentou ele, que fez a prova no campus Butantã da USP, na zona oeste da capital. É a primeira vez que ele realiza o exame.

Neste domingo, os candidatos fazem 90 questões de múltipla escolha de todas as disciplinas do ensino médio, além de itens interdisciplinares. Eles concorrem a 9.568 vagas na USP.

Abstenção

A primeira fase da Fuvest teve abstenção de 9,8%. Dos 142.721 inscritos, 13.922 não realizaram a prova. Conforme dados divulgados pela organização do vestibular, o índice caiu em relação ao ano passado, quando o exame teve 10,2% de faltosos.

As provas foram realizadas em 121 locais do Estado. Não houve registro de incidentes e nenhuma das 90 questões foi anulada. A lista dos aprovados e dos locais de prova da segunda fase será divulgada no dia 21 de dezembro.

Por volta de 19h30 deste domingo, a Fuvest divulgará o gabarito.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: