MUNDO
13/11/2015 23:10 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

Terror em Paris: ataques terroristas geram onda de solidariedade

A torre Eiffel apagou as luzes em memória às vítimas

A série de ataques na noite desta sexta-feira deixou ao menos 118 mortos em Paris. Aconteceu uma série de tiroteios e três explosões foram registradas na capital francesa. Os ataques começaram por volta das 21h (horário local).

O terrorismo levou a uma série de ações de solidariedade dos cidadãos de dentro e de fora do país. A mais marcante delas foi a atitude de abrir as casas para quem estava nas ruas no momento em que os ataques aconteciam. Usando a hashtag #PorteOuverte (portas abertas), as pessoas identificavam suas localidades. nas redes sociais.

A hashtag #PrayForParis (reze por Paris) também ganhou as redes sociais.

O Facebook habilitou uma ferramenta especial para que as pessoas declarassem estar seguras. A Confirmação de status de segurança funciona como uma espécie de check-in para que as pessoas declarem seguros.

Segundo a France 24, os taxistas da cidade, informados dos ataques, passaram a recolher os passageiros para levá-los para casa, já que uma das atitudes de segurança adotada foi fechar algumas das principais linhas de metrô.

No Twitter, os usuários passaram a divulgar os telefones das embaixadas:

Em Berlim, aconteceu uma manifestação espontânea de apoio aos franceses:

E o Empire State, em Nova York, usou as cores da bandeira francesa:

empire state

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: