NOTÍCIAS
11/11/2015 12:08 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Taxi vs. Uber: Protestos contra o aplicativo param as ruas do Rio, São Paulo e Belo Horizonte

Estadão Conteúdo

Taxistas protestam em pontos do Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte (MG) na manhã desta quarta-feira (11) contra serviços clandestinos de transporte. O alvo é, mais uma vez, o serviço Uber.

No subúrbio do Rio de Janeiro, centenas de motoristas se dividiram entre a Avenida Dom Hélder Câmara, em Del Castilho, e a Avenida Atlântica, em Copacabana, zona sul, desde às 6h, complicando o trânsito em vários pontos da cidade.

Segundo a Folha de S.Paulo, o presidente do sindicato dos taxistas do Rio, Antônio Oliveira, afirma que cerca de 600 motoristas participaram do protesto.

"Não estamos protestando contra nenhum aplicativo específico, mas sim, contra o projeto de lei que tramita no Senado sobre transporte privado. Essa lei cria mais uma forma de competição contra o taxista", afirmou.

Já em São Paulo, a praça Charles Muller, na zona oeste, foi tomada por dezenas de veículos. Os motoristas envolvidos no protesto dirigiram rumo à Câmara Municipal.

Saída do Pacaembu sentido Câmara Municipal de São Paulo

Posted by Taxistas Unidos do Brasil on Quarta, 11 de novembro de 2015


De acordo com o IG, os manifestantes se reuniram para cobrar uma fiscalização mais rigorosa que impeça o funcionamento do aplicativo Uber livremente. Em São Paulo, o Uber é regulamentado apenas sob algumas condições, como a ausência de taxímetros.

Em Belo Horizonte, mais de 500 taxistas se reuniram, segundo o G1, para cobrar a aprovação do projeto que regulamenta o aplicativo.

A carreata seguiu do Mineirão até à Câmara Municipal com o intuito de pressionar os vereadores, que propõem no projeto a criação uma nova categoria de táxis de luxo chamada premium.

Estes operariam com tarifa diferenciada, e com organização e regulamentação próprias, segundo o jornal O Estado de Minas.

Belo Horizonte - Paralisação de todos taxistas , reivindicando combate a clandestinos que desafiam as autoridades sem punidade.

Posted by Taxistas Unidos do Brasil on Quarta, 11 de novembro de 2015


(Com informações Estadão Conteúdo)

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: