NOTÍCIAS

Para evitar fugas, Indonésia planeja construir prisão cercada por crocodilos

11/11/2015 16:14 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Arno Meintjes Wildlife/Flickr
IMG07895

A agência antidrogas da Indonésia planeja construir uma prisão em uma ilha cercada por crocodilos, exclusiva para abrigar condenados à pena de morte por tráfico de drogas.

De acordo com o chefe da agência, os crocodilos são a melhor opção para vigiar traficantes pois, ao contrário dos guardas, não podem ser subornados.

"Vamos colocar o máximo de crocodilos que pudermos. Vou escolher a espécie mais feroz do animal", disse Budi Waseso, chefe da agência antidrogas, a um site local. Waseso pretende visitar diversas ilhas do arquipélago enquanto define a espécie de crocodilo mais adequada para o 'trabalho'.

Embora o país mantenha uma das legislações antidrogas mais rígidas do mundo - neste ano, dois brasileiros sentenciados à pena de morte foram executados na Indonésia - o corrupto sistema penitenciário possibilita a entrada de drogas nas cadeias, e não são raros os casos de prisão de agentes por tráfico de drogas.

Ao evitar o contato com outros prisioneiros, o isolamento de traficantes em uma penitenciária exclusiva também preveniria o aliciamento de outros criminosos para quadrilhas do tráfico dentro das prisões, segundo o porta-voz da agência antidrogas.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: