COMPORTAMENTO

Menino ou menina? Conheça a verdadeira história sobre a 'Ursinha' Pooh

10/11/2015 12:07 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Reprodução/Youtube.com

Você pode até achar que não, mas o Ursinho Pooh é muito mais do que só um personagem que ama mel do seu desenho preferido da infância.

"Ele" é, na verdade, uma fêmea. E tem uma história cheia de detalhes.

É isso mesmo: Ursinho Pooh, ou Winnie the Pooh, como é conhecido nos Estados Unidos, é uma menina. A história por trás do ursinho mais famoso do mundo está explicada no livro Finding Winnie, da escritora Lindsay Mattick, ainda sem edição para o português.

O melhor amigo do órfão Cristóvão (ou Christopher Robin no original) ganhou o nome Winnie the Pooh por causa de uma ursa chamada Winnie, que viveu em um zoológico de Londres.


Lindsay Mattick é bisneta do tenente Harry Colebourn, um veterinário que comprou a filhote Winnie durante a Primeira Guerra Mundial (foto acima). O nome da ursa foi uma homenagem à cidade canadense de Winnipeg. Ela se tornou a mascote não-oficial do regimento de Colebourn, mas, quando ele teve que ir para a França com sua unidade, ele a deixou no zoológico de Londres.


Lá, Winnie era frequentemente visitada por um garoto chamado Christopher Robin. O menino amava tanto Winnie que deu o nome dela a seu próprio urso de brinquedo. O pai de Christopher Robin era o escritor Alan Alexander Milne, autor das histórias de Winnie the Pooh.

Fascinante, não é?

Mas a verdade é que a história de Pooh é apenas inspirada na ursinha Winnie. Sendo assim, Pooh continua sendo um menino.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: