NOTÍCIAS

Dante minimiza ataques racistas que recebeu no Twitter e reafirma o que todos sabem: ele tem orgulho de ser negro

09/11/2015 22:47 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Joachim Sielski via Getty Images
WOLFSBURG, GERMANY - SEPTEMBER 01: Dante of VfL Wolfsburg talks to the media during a press conference at Volkswagen Arena on September 1, 2015 in Wolfsburg, Germany. (Photo by Joachim Sielski/Bongarts/Getty Images)

Após ter sofrido ofensas raciais no Twitter no final de semana, o zagueiro Dante, do Wolfsburg, decidiu enfrentar os ataques de maneira pontual: mostrando o orgulho que tem em ser negro.

No sábado, via Twitter, o jogador recebeu várias mensagens absurdas que chamavam de "macaco". Ele foi culpado pelos ofensores também pelo imenso fracasso do Brasil na Copa do Mundo frente a Alemanha.

Os tuítes postados foram semelhantes a este:

Antes dos ataques virtuais, um usuário havia usado o Facebook para convocar os demais ofensores. "Vamos zoar o Twitter do Dante. Como ele não mora no Brasil, não dá nada não (nem se morasse)", dizia um trecho da mensagem.

Ao Globoesporte.com, o atleta, que disputou a Copa do Mundo pela seleção brasileira no ano passado, disse:

"O cara tem problema e acha que pode descarregar nas outras nas redes sociais. Minha família é toda de negros. Tenho orgulho de ser negro. É realmente uma pena acontecer isso. Nosso país é tão bonito com a miscigenação, a mistura de cores".

O atleta de 32 anos, com boa parte da carreira construída na Alemanha, afirmou não estar preocupado em "prender ninguém" e que o grande problema é o exemplo que as ofensas racistas podem dar para as crianças:

"Não podemos dar voz para essas pessoas. Eles querem se tornar importantes. Não quero saber quem escreveu. O que me preocupa é o exemplo para as pessoas, as crianças que acabam lendo isso. É algo inadmissível. Não estou preocupado em prender ninguém".

Nesta segunda-feira, ele também usou seu Twitter para se posicionar oficialmente, em alemão e português:

dante wolfsburg

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: