MULHERES

Pela primeira vez desde 1979, Irã nomeia uma mulher como embaixadora

08/11/2015 20:42 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

marzieh afkham

Marzieh Afkham, 50 anos, foi nomeada embaixadora do Irã na Malásia, de acordo com anúncio feito pelo ministro das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif. É a primeira vez que uma mulher se torna embaixadora do país desde 1979.

Diplomata de carreira há 30 anos, Marzieh ocupava o cargo de porta-voz do ministério das Relações Exteriores desde 2013. No entanto, com a mudança de cargo, sua antiga posição será ocupada por um homem, Jaber Ansari.

Segundo informações da AFP, Marzieh elogiou "a confiança depositada nas mulheres ao concedê-las responsabilidades e a oportunidade de ajudar a fazer avançar a sociedade iraniana".

Desde a eleição de Hassan Rouhani, considerado moderado, para a presidência, algumas movimentações mais liberais têm aparecido.

Rouhani chegou a pedir aos ministros que nomeassem mulheres para cargos relevantes e advertiu que "a discriminação não seria tolerada". Atualmente, são três mulheres entre os 11 vice-presidentes iranianos.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: