NOTÍCIAS
05/11/2015 21:28 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

'Dilma é vítima do seu próprio sucesso', diz Lula em entrevista

DANIEL TEIXEIRA/Estadão Conteúdo

Ao citar a baixa taxa de desemprego (4,8%) registrada no fim de 2014, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, em entrevista ao SBT Brasil, que a presidente Dilma Rousseff foi “vítima do seu próprio sucesso”. O ex-presidente também criticou apadrinhada política, disse que Dilma precisa fazer girar a roda gigante da economia. A atual taxa de desemprego é de 8,7%.

“Quando você está do lado de fora, você acha, pensa e acredita. Quando está dentro, você faz ou não faz, toma decisão. Percebe que vazou e tenta mudar. Acho que é isso que Dilma está fazendo agora. Tem três anos de mandato pela frente, não pode continuar vivendo nesse clima de incerteza, esse pessimismo maluco, sem nenhuma necessidade.”

Questionado sobre as investigações da Operação Zelotes, que envolvem seu filho, e sobre as investigações contra seu amigo pessoal, o pecuarista José Carlos Bumlai, Lula disse que isso é “normal”. “Resultado de 12 anos de governo que permitiu que fosse criada sistemas de transparência.”

Lula também negou ter tido conhecimento sobre os casos de corrupção na Petrobras. “Quantas coisas acontecem dentro da sua casa e você não sabe?"

Ao jornalista Kennedy Alencar, o ex-presidente acrescentou que não teme ser preso. “Duvido que alguém, pior inimigo, melhor amigo, qualquer pessoa, empresário diga que um dia teve uma conversa ilícita comigo.Tenho minha consciência tranquila. (…) Vivemos na república da suspeição. Não é preciso de prova, basta suspeitar, que já está condenado”, emendou.

Críticas a FHC

Quanto as críticas feitas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de que o petista foi encantado pelas delícias do poder, Lula voltou a falar sobre sucesso. Disse que o tucano deveria se lembrar que nenhum processo contra ele era investigado e que a reeleição foi o

“único mensalão comprovado”.

“Acho que ele tem um problema comigo, de soberba. FHC sofre com o meu sucesso. (…) Fizemos a maior inclusão social deste País.”

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: