COMPORTAMENTO

Devolução de impostos da maconha? Eleitores do Colorado preferem que R$ 249 milhões sejam investidos

04/11/2015 15:58 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Bloomberg via Getty Images
Marijuana (cannabis) is arranged for a photograph inside the Evergreen Apothecary in Denver, Colorado, U.S., on Thursday, Jan. 9, 2014. Colorado has just legalized the commercial production, sale, and recreational use of marijuana, while Washington State will begin its own pot liberalization initiative at the end of February. On Jan. 8, New York Governor Andrew Cuomo said his state would join 20 others and the District of Columbia in allowing the drug for medical purposes. Photographer: Matthew Staver/Bloomberg via Getty Images

Os eleitores do Colorado, nos Estados Unidos, concordaram nesta terça-feira em permitir que o estado fique com os US$ 66 milhões (R$ 249 milhões) recolhidos em impostos na venda da maconha. A estimativa inicial era de que a arrecadação fosse de US$ 40 milhões (R$ 151 milhões).

É que um erro de contabilidade do governo local poderia forçar o estado a reembolsar e redistribuir o montante entre os contribuintes e cultivadores da planta. Por conta disso, aliás, o estado já havia promovido em setembro um dia de vendas do produto livre de impostos.

weed colorado

Obedecendo uma emenda estadual de 1992, novos impostos locais precisam ser referendados no Colorado, daí a necessidade de votação, como a realizada ontem. Quando a arrecadação supera as estimativas, há a prerrogativa de devolver o dinheiro aos cidadãos. Também foram os próprios eleitores do Rocky Mountain State que aprovaram, anos atrás, a taxação de 15% sobre a droga, distribuindo a verba para educação e outros investimentos.

colorado denver

Portanto, os US$ 66 milhões excedentes deverão ser utilizados na construção de escolas e políticas educacionais e informativas sobre as drogas e outros projetos governamentais.

A votação organizada nesta terça, segundo informações da AP, contou com amplo apoio de democratas, republicanos, da indústria da maconha e de praticamente todos jornais locais.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: