NOTÍCIAS
04/11/2015 10:23 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Atrizes iranianas postam fotos sem véu e são obrigadas a deixar o país

Reprodução/Instagram

Duas atrizes iranianas foram obrigadas a deixar o país depois que publicaram em redes sociais fotos suas sem o hijab, o véu islâmico.

O regime iraniano classificou Sadaf Taherian e Chekame Chaman-Mah como "infratoras" e questionou a saúde mental das moças. Elas receberam inúmeras críticas de seguidores por causa das fotos com os cabelos descobertos. Sadaf, que em uma das fotos aparece com a barriga de fora, teve de fugir para os Emirados Árabes Unidos e especula-se que Chekame tenha se refugiado nos Estados Unidos.

O Ministério da Cultura e Orientação Islâmica do Irã em Teerã anunciou que nenhuma das duas mulheres seria autorizada a atuar novamente e que ambas deveriam mostrar arrependimento.

"No que diz respeito a esse Ministério, esses dois indivíduos não são mais consideradas artistas e não têm mais o direito de atuar", afirmou Hossein Noushabadi, porta-voz do Ministério.

"Ambas devem se desculpar com o povo iraniano e anunciar publicamente que a razão por trás da publicação das fotos nas redes sociais é que elas sofrem de falta de crédito e complexos psicológicos e pessoais". Noushabadi afirmou à agência de notícias Fars que as atrizes enfrentarão processos legais no Irã.

"Nós não agimos como o Ministério Público e eu não tenho ideia de como outros órgãos do governo lidariam com esses indivíduos, mas elas certamente são tratadas como infratoras ao retornarem ao país", disse o porta-voz.

Na semana passada, a televisão estatal parou de transmitir a popular série Amin, na qual Sadaf atua. Ela se diz chocada por receber tantas críticas pelas imagens.

"Eu não esperava isso do povo iraniano, da minha própria cultura - ouvir tantos insultos. Eu só lamento a reação deles e não tenho mais nada a dizer", afirmou a atriz a uma rádio local. "Eu quero viver da forma que me faz feliz."

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: