NOTÍCIAS

Torcedora que fez ofensas racistas a Michel Bastos pode pegar três anos de prisão

03/11/2015 17:24 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

michel bastos

A torcedora que ofendeu o meia são-paulino Michel Bastos será denunciada por injúria racial nesta quarta-feira (4). Identificada no Instagram como "Nanda Cominni", ela pode ser condenada a até três anos de prisão.

No último sábado, ela foi racista ao ofender o jogador. "Macaco negro safado, respeita a torcida. Otário, vagabundo, faz por merecer o dinheiro que recebe", escreveu.

Em conversa com jornal O Estado de S. Paulo, o advogado do atleta, Luiz Augusto Braga, afirmou que a torcedora acabou identificada e já foi localizada.

"Já fiz um comunicado verbal sobre o caso com o delegado e até amanhã (quarta-feira) vou oferecer a denúncia no Decradi (Delegacia de crimes Raciais e Delitos de Intolerância)", disse o advogado.

O caso

Ao marcar o terceiro gol do São Paulo sobre o Sport, pelo Brasileirão, Michel Bastos fez sinal com a mão para que a torcida se calasse no Morumbi. No domingo, dia seguinte à vitória, Michel se desculpou pelo gesto. Foi quando acabou vítima dos xingamentos racistas.

Por meio da assessoria, o jogador deixou claro que reagiria. "Se deixarmos esse tipo de situação passar, isso nunca irá cessar. O que pudermos fazer para ser usado de exemplo contra o racismo, seja ele qual for, sempre será importante. Espero que a minha atitude encoraje outras pessoas que sofrem com esse mal a sempre denunciar. Eu jamais irei me calar".

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: