NOTÍCIAS

Presidente do Conselho de Ética vai escolher um destes três deputados para definir o futuro de Cunha

03/11/2015 17:11 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Montagem/Agência Câmara/PRB

O presidente do Conselho de Ética, José Carlos Araújo (PSD-BA), sorteou nesta terça-feira (3) o nome dos deputados que formam a lista tríplice para a escolha do relator do processo que pede a cassação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Araújo escolherá entre Zé Geraldo (PT-PA), Fausto Pinato (PRB-SP) e Vinícius Gurgel (PR-AP).

Na sessão de instauração do processo, Araújo explicou que conversará com cada um dos sorteados para tomar a decisão. A previsão é que o nome seja divulgado na quarta-feira (4). “Nossa responsabilidade é muito grande e nós precisamos dar uma resposta para o Brasil.”

A expectativa é que Araújo escolha um parlamentar que não engavete o processo imediatamente. A primeira missão do relator é entregar um texto dizendo se a investigação é viável ou não.

O PSol e a Rede, autores do pedido de cassação de Cunha, apresentaram uma série de argumentos contra Cunha, como a delação premiada de Julio Camargo, que acusa o peemedebista de ter cobrado propina, as contas na Suíça e a suspeita de que ele tenha mentido na CPI da Petrobras, ao dizer que não tinha contas bancárias no exterior.

O nome mais cotado para a missão é o de Pinato. Ele é vice-presidente do conselho e próximo de Araújo. Gurgel é conhecido na Casa pela proximidade com Cunha. Já Zé Geraldo é um nome que causa desconfiança por ser do PT.

Após a sessão, o petista afirmou que não seria influenciado pelo partido, caso seja escolhido para relatar o caso. “As evidências (contra Cunha) são muitas e não somos nós que estamos dizendo, são os delatores”, pontuou o parlamentar.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: