ENTRETENIMENTO

Acusado de drogar e estuprar mais de 45 mulheres, Bill Cosby vai prestar novo depoimento este mês

03/11/2015 11:07 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
ASSOCIATED PRESS
FILE - In this Jan. 17, 2015, file photo, comedian Bill Cosby salutes the crowd as he begins a performance at the Buell Theater in Denver. A year after allegations of sexual assault resurfaced and snowballed, women who’ve accused him of sexual assault are giving emotional interviews en masse, judges are ruling against him and colleges are continuing to revoke honorary degrees bestowed upon him when he was one of the country’s most admired entertainers. (AP Photo/Brennan Linsley, File)

Acusado de abusar de cerca de 50 mulheres, o astro da TV americana Bill Cosby terá que testemunhar diante de uma das suas acusadoras, a apresentadora e ex-modelo Janice Dickinson.

A juíza Debre Katz Weintraub, do tribunal superior de Los Angeles, ordenou nesta segunda-feira que o humorista de 78 anos e aquele que até pouco tempo o representava, o advogado Martin Singer, se apresentem em uma audiência em 25 de novembro.

"Estamos muito contentes de que a juíza tenha concordado conosco em todos os pontos importantes e que tenha ordenado o testemunho", diz a advogada de Janice Dickinson, Lisa Bloom. "Ainda não sabemos onde se realizará a audiência, mas deve ser em um lugar secreto."

A ex-modelo Janice Dickinson disse à Justiça que Cosby pagou para ela em 1982 uma passagem de avião de Bali para a cidade californiana de Lake Tahoe, no oeste do país, para conversar sobre seu futuro como cantora e empresária. O jantar, porém, seria uma armadilha: o humorista teria oferecido a ela um remédio para cólica menstrual e Janice teria ficado "profundamente dopada", facilitando o abuso de Cosby. Ainda segundo ela, o humorista teria tentado destruir a sua reputação depois de ela ter ido a público acusá-lo de estupro.

A decisão da juíza Weintraub se dá várias semanas depois de Cosby e seu advogado terem rompido sua relação contratual. O astro de The Cosby Show, programa que o lançou para a fama nos anos 1980, sempre negou as acusações de estupro e agressões sexuais.

(Com informações da agência France-Presse)

LEIA MAIS:

- Bill Cosby precisou admitir que drogou e estuprou mulheres para acreditarmos nelas

-Bill Cosby fez piada sobre lei de ataques sexuais em livro de 1999

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: