NOTÍCIAS

José Maria Marin, ex-presidente da CBF, embarca para prisão domiciliar nos EUA nesta terça

02/11/2015 21:35 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

jose maria marin

José Maria Marin, o ex-presidente da CBF preso em Zurique meses atrás por envolvimento em esquemas de corrupção, será extraditado aos EUA nesta terça-feira. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ele deve ficar em seu apartamento na Trump Tower, da Quinta Avenida, em Nova York. Para conseguir o direito à prisão domiciliar, o brasileiro precisou fechar um acordo com a Justiça americana.

O repórter Jamil Chade afirma que o ex-mandatário da CBF aceitou colaborar com a Justiça americana, mas que continuará afirmando ser inocente. A reportagem afirma que parte do interesse americano no cartola está em obter informações sobre o envolvimento dos também brasileiros Kleber Leite, Marco Polo Del Nero e Ricardo Teixeira em esquemas ilegais.

O dirigente brasileiro colocou parte significativa de seus bens nas mãos da Justiça, incluindo relógios de luxo, propriedades, carros e até o anel de noivado de sua esposa.

De acordo com o jornal, a viagem de Marin deve ocorrer pela manhã, desembarcando em Nova York ainda nesta terça.

trump tower new york

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: