NOTÍCIAS

Datafolha: Apenas 25% dos deputados na Câmara defendem a permanência de Cunha no cargo

30/10/2015 10:46 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

Um levantamento do instituto Datafolha de pesquisa sobre a permanência de Eduardo Cunha no cargo de presidente da Câmara mostrou que a popularidade do peemedebista em está baixa entre os deputados.

A pesquisa ouviu 324 dos 513 deputados (63%). Destes, quase metade (45%) acha que Eduardo Cunha deveria renunciar, enquanto 30% preferiram não se posicionar sobre o assunto, e apenas 25% defendem que Cunha deva permanecer no cargo.

Quando perguntados sobre a cassação do mandato do deputado, as respostas dão uma guinada significativa. Cerca de 35% dos entrevistados dizem que apoiariam a medida, 13% disseram ser contra, e mais da metade (52%) preferiu não se posicionar sobre o assunto.

Apesar do cenário, Cunha já repetiu diversas vezes na imprensa que não pretende deixar o cargo.

O político está na lista dos investigados na Operação Lava Jato sob acusação de que o dinheiro que possui em suas contas no exterior tenha origem corrupta.

O deputado disse na CPI da Petrobras que sequer tinha contas no exterior, mas foi desmentido pelo Ministério Público suíço, que comprovou que Cunha tinha cerca de cinco milhões de dólares no país.

Essa contradição, em paralelo à investigação, endossa a possibilidade do seu afastamento do cargo.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: