NOTÍCIAS

Janot arquiva mais um inquérito contra Anastasia, do PSDB, em investigação da Lava Jato

28/10/2015 12:59 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Montagem/Getty Images/FIickr

O procurador-geral da Republica, Rodrigo Janot, solicitou novamente o arquivamento de uma investigação da Polícia Federal que apontava o envolvimento do senador Antonio Anastasia (PSDB- MG) na Operação Lava Jato.

Em agosto deste ano, o senador foi citado no depoimento do policial federal Jayme Alves de Oliveira Filho, o Careca. Ele afirmou à Polícia Federal que Anastasia se parecia com a pessoa a quem ele teria entregue R$ 1 milhão, em 2010, a mando de Youssef. O doleiro, por sua vez, negou o envolvimento do tucano.

Na ocasião, Janot disse que não haviam provas suficientes para dar continuidade à investigação.

Desta vez, a Polícia Federal alegou que existem novos indícios que esse repasse teria acontecido. Mais uma vez, o Procurador Geral optou por arquivar a investigação por considerar que os novos dados ainda assim não justificam a prorrogação do inquérito, segundo a Folha de S.Paulo.

De acordo com o G1, Janot assinou um documento na última terça-feira (27) repassando ao Supremo Tribunal Federal a orientação.

A Procuradoria Geral da Republica trabalha em conjunto com o STF nas investigações de parlamentares na Lava Jato e, segundo a Folha de S.Paulo, os ministros têm seguido a norma de consentir com os pedidos de arquivamento quando vindos do procurador-geral.

A decisão final sobre o caso cabe ao ministro Teori Zavascki.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: