MULHERES

Em Hollywood, mulheres são diretoras de apenas 7% dos filmes. E isso precisa mudar

28/10/2015 15:53 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Mulheres dirigiram apenas 7% dos 250 maiores filmes de Hollywood no ano passado. Já 85% de todos os filmes norte-americanos lançados foram dirigidos por homens. As informações são de uma nova pesquisa divulgada pelo jornal britânico The Guardian nesta terça-feira (27).

O relatório, feito pelo Centro de Estudo das Mulheres na Televisão e no Cinema da San Diego State University aponta que as mulheres representam apenas 11% dos roteiristas dos 250 filmes mais rentáveis de 2014 e 23% dos produtores. E escancara, mais uma vez, a questão da discriminação de gênero e disparidade na indústria do cinema.

"Eu acho que há uma noção de que as mulheres não estão sendo contratadas como diretoras porque, de alguma forma, Hollywood entende como contratações 'mais arriscadas'. Há uma lista crescente de diretores novatos do sexo masculino", disse Martha Lauzen, autora da pesquisa, em entrevista à Variety.

Os números mostram uma perspectiva mais positiva quando a pesquisa se abre para os 700 filmes de maior bilheteria: 13% de mulheres na direção, 13% no roteiro e 27% na produção, sugerindo que os filmes independentes são mais amigáveis com o sexo feminino do que os blockbusters. Mas Lauzen diz que isso não deve ser necessariamente considerado como um resultado positivo.

"As grandes indústrias não tendem a investir um centavo de dólar", disse ela. "Nós não podemos confiar em alguns casos anedóticos [como a pesquisa] para que possamos saber exatamente como esta situação é para todas as mulheres."

Ela ainda disse que os números mudaram pouco desde que ela começou a entrevistar dezenas de mulheres para a pesquisa, mesmo com atrizes de grande representatividade como Jennifer Lawrence, Meryl Streep e Patricia Arquette terem se pronunciado sobre o assunto.

É. Pois é.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: