NOTÍCIAS

Sete em cada dez brasileiros vão usar o 13º salário para pagar dívidas, diz Anefac

26/10/2015 14:02 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Stephen Swintek via Getty Images
A 42 year old caucasian business man is crushed under oversized credit card while opening up his credit card bills on the front walkway of his house. He is located halfwaybetween mailbox and front steps with bills scattered about. Credit card prop is designed and built by the photographer

Muitos brasileiros já contam com o 13º salário para deixar as contas em dia. Com o aumento dos preços, dos juros e, consequentemente, do endividamento, a parcela da população que reservava o salário extra para quitar as dívidas aumentou.

De acordo com um estudo da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade), subiu para 74% o percentual dos brasileiros que pretendem utilizar o 13º para pagar dívidas já contraídas. Em 2014, o porcentual era de 68% e, dois anos atrás, era de 62%.

Entre as principais dívidas que devem ser quitadas com o salário são de cheque especial (39%), do cartão de crédito (44%), regularização do nome de negativados (4%) e dívidas com prestações do comércio em atraso (4%).

Em contrapartida, os presentes de fim de ano ficaram para segundo plano. Apenas 8% dos brasileiros ouvidos pela Anefac pretendem usar o 13º para comprar presentes -- uma queda de 27,27% em relação ano passado, mesma redução das pessoas que pretendem guardar o dinheiro para pagar as despesas de início de ano, como o IPVA, IPTU, matrículas escolares etc.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: