NOTÍCIAS

Mulher e crianças morrem em colisão de bote de refugiados em rochas de ilha grega

25/10/2015 11:37 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
ARIS MESSINIS via Getty Images
Migrants help other refugees and migrants to land on the Greek island of Lesbos, on October 24, 2015, after crossing the Aegean sea from Turkey. Bulgaria, Romania and Serbia on October 24 threatened to close their borders if EU countries stopped accepting migrants, as European leaders prepared for a mini summit on the continent's worst refugee crisis since World War II. AFP PHOTO / ARIS MESSINIS (Photo credit should read ARIS MESSINIS/AFP/Getty Images)

Uma mulher e duas crianças morreram afogadas quando um bote inflável transportando 63 refugiados bateu em rochas da ilha grega de Lesbos neste domingo (25), disseram autoridades da Grécia.

Sete pessoas ainda estão desaparecidas, mas o restante conseguiu chegar à terra firme em segurança, disse uma porta-voz da guarda costeira grega. A nacionalidade das pessoas não estava disponível de imediato.

Dezenas de refugiados, incluindo muitas crianças, morreram tentando fazer a viagem curta, mas perigosa, da Turquia para as ilhas periféricas da Grécia nos últimos meses em botes infláveis muitas vezes superlotados.

Mais de meio milhão de pessoas, muitas delas fugindo da guerra civil na Síria, conseguiram chegar à Grécia por essa rota em seu caminho para países do norte e do centro da Europa.

O presidente da Comissão Europeia, o Executivo da União Europeia, Jean-Claude Juncker, vai se reunir com líderes de alguns países do bloco neste domingo para pressionar por uma resposta coordenada ao fluxo de refugiados antes do início do inverno no continente.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: