NOTÍCIAS

Bolsonaro e Feliciano reclamam de doutrinação no Enem

25/10/2015 18:44 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Reprodução/Facebook

Os deputados Jair Bolsonaro (PP-RJ) e Marco Feliciano (PSC-SP) usaram as redes sociais para reclamar da prova de sábado do Enem 2015.

Uma das questões trouxe uma famosa frase de Simone de Beauvoir (“Não se nasce mulher, torna-se mulher”), no debate sobre lutas feministas.

Para os deputados, isso significa doutrinação. Segundo Feliciano, “a frase da Filósofa Simone de Beauvoir é apenas opinião pessoal da autora, e me parece que a inserção desse texto, uma escolha adrede, ardilosa e discrepante do que se tem decidido sobre o que se deve ensinar aos nossos jovens”.



Parabéns aos participantes do Enen Pena que não podemos dizer o mesmo em relação ao MEC responsável pela elaboração...

Posted by Marco Feliciano on Domingo, 25 de outubro de 2015



Os parlamentares ainda não comentaram o tema da redação - “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”. A escolha do Ministério da Educação foi considerada feminista e causou furor nas redes sociais.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: