NOTÍCIAS

Avenida Paulista será fechada para carros e aberta aos pedestres e ciclistas aos domingos

15/10/2015 13:20 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Estadão Conteúdo

A Avenida Paulista, na região central de São Paulo, vai ser fechada definitivamente para carros e aberta aos pedestres e ciclistas aos domingos, das 9 horas às 17 horas, já a partir do próximo fim de semana, dia 18. Para a Prefeitura, trata-se de uma "política pública" e não de um grande evento como alega o Ministério Público Estadual (MPE).

Os moradores, o Clube Homs e os hospitais da região terão os acessos garantidos pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). O bloqueio será entre a Rua da Consolação e a Praça Oswaldo Cruz. Contrariando o pedido do MPE que pedia parte das pistas liberadas para o trânsito, todas as faixas de rolamento serão interditadas.

Em 2007, a administração municipal firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) garantindo que o endereço só seria fechado três vezes ao ano: na Parada do Orgulho Gay, no revéillon na Paulista e na Corrida de São Silvestre.

Neste ano, a Prefeitura já atingiu o limite. A via foi bloqueada duas vezes para as inaugurações das ciclovias da Paulista e da Avenida Bernardino de Campos e na parada.

Durante as discussões com o MPE, os promotores já ameaçaram multar a gestão petista, caso o local fosse interditado outra vez. Depois, o órgão exigiu que a Prefeitura realizasse audiências públicas para discutir a medida com a população.

Já que a justificativa da administração municipal é de "política pública" para dar opção de lazer à população, a Promotoria cobra que a mesma medida seja adotada em bairros de periferia distantes do centro expandido e a readequação dos clubes municipais.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: