NOTÍCIAS
14/10/2015 21:02 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Sem dinheiro para manter laboratório, professora da UFRJ lança crowdfunding

lab

A neurocientista Suzana Herculano-Houzel lançou uma campanha de crowdfunding para tentar manter em funcionamento o Laboratório de Neuroanatomia Comparada da UFRJ, que dirige. Por enquanto, já foram arrecadados R$ 15 mil da meta de R$ 100 mil.

Suzana, que é pós-doutora em neurociência pelo Instituto Max Planck, já publicou em periódicos de ponta como a Nature e a Science.

Apesar de ser um dos maiores nomes da ciência brasileira tanto no campo da divulgação científica quanto em produção acadêmica, não está conseguindo manter seu laboratório funcionando.

Apesar de ter conseguido a aprovação, junto ao CNQq, de uma verba de R$ 50 mil -- valor irrisório para pesquisas em neurociência --, a equipe do laboratório teve acesso a apenas R$ 6 mil, sem previsão para o repasse do valor restante.

Para manter o núcleo funcionando, Suzana diz ter gastado mais de R$ 15 mil do próprio bolso.

Diante do impasse financeiro, resolveu criar a campanha no site Kickante para "mostrar ao governo como valorizamos a pesquisa científica brasileira", como informa na descrição da campanha.

As contribuições vão de R$ 20 a R$ 5 mil. Em contrapartida, quem doa ganha recompensas como uma reunião com a neurocientista em seu laboratório, palestras e artigos científicos autografados.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: