NOTÍCIAS

Por que os americanos voltaram para os laticínios integrais (mas talvez não devessem)

14/10/2015 18:11 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
DON BAYLEY VIA GETTY IMAGES

As vendas de manteiga e leite integral estão explodindo: as de manteiga aumentaram 14% no ano passado, e as de leite integral, 11%, segundo um novo relatório do Crédit Suisse Research Institute. Enquanto isso, o leite desnatado teve uma queda de 14%.

Claramente, alguns de nós estão se jogando na gordura. Pode ser uma reação à moda das dietas de baixo teor de gordura dos anos 1990, quando tudo o que tinha poucos lipídios era considerado saudável. (Sabemos bem no que deu.)

Ou pode ser explicado pela crescente percepção dos consumidores de que comidas “naturais” e saudáveis são as melhores escolhas no nosso mundo superprocessado.

“Leite integral soa muito mais natural que leite com 2% de gordura ou desnatado”, disse ao The New York Times o autor do relatório, Stefano Natella. “Vacas não produzem leite desnatado. Você precisa processá-lo para retirar a gordura.”

Embora não haja nada de errado em tomar um sorvete ou comer uma tábua de queijos de vez em quando, optar automaticamente por comidas gordurosas não é exatamente uma boa ideia.

Por um lado, estudos mostram que laticínios gordurosos não são piores que os menos gordurosos quando se trata de ganhar peso.

Mas, por outro lado, os dados colhidos a longo prazo indicam que uma dieta cheia de gordura saturada – que é exatamente o que compõe uma dieta de laticínios gordos – aumenta os riscos de doenças cardiovasculares, entre outros problemas crônicos e potencialmente fatais.

As diretrizes governamentais recomendam que não mais de 10% das calorias ingeridas sejam de gordura saturada. E não estamos longe disso – na última checagem, 11% das calorias diárias consumidas pelos americanos vinham de gorduras saturadas, principalmente de queijos, pizza (mais queijo) e sobremesas.

Mas médicos e especialistas em nutrição recomendam substituir as gorduras saturadas da manteiga e do queijo pelas não-saturadas – e mais saudáveis – encontradas em óleos vegetais, abacates e nozes.

Eles também recomendam substituir o leite integral por leite desnatado ou com baixo teor de gordura quando for necessário reduzir o consumo de gorduras saturadas.

Enquanto esperamos as pessoas se convencerem, veja como aumentar a quantidade de gorduras saudáveis na sua dieta com esse abacate de café da manhã:

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: