NOTÍCIAS

Cunha negocia barrar impeachment para salvar mandato

14/10/2015 16:09 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
ANTÔNIO CRUZ/DIVULGAÇÃO/ESTADÃO CONTEÚDO

O temor de perder o mandato motivou o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a tentar uma aproximação com o governo.

De acordo com a Folha de S.Paulo, Cunha iniciou uma negociação com o Planalto e lideranças do governo em troca de não dar andamento ao processo de impeachment.

Para manter o mandato, Cunha tem pedido ajuda para que não se leve adiante a representação do PSol e da Rede no Conselho de Ética.

Cunha também quer que o governo tire o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo do cargo. Ele acredita que o ministro tem controle do vazamento das informações contra o peemedebista.

De acordo com a Folha, Cunha quer que o vice-presidente, Michel Temer, assuma o controle do ministério.

A movimentação já atinge integrantes da oposição. Aliados de Cunha não acreditam mais que o peemedebista levará o processo de impedimento da presidente adiante.

Em reunião com líderes da oposição, Cunha disse que se ele derrubasse a presidente, no dia seguinte seria derrubado pelos colegas.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: