NOTÍCIAS

No poder há 21 anos, presidente da Bielorrúsia é reeleito para quinto mandato

12/10/2015 12:21 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02
MAXIM MALINOVSKY via Getty Images
Belarus' President Alexander Lukashenko speaks with journalists during presidential elections at a polling station in Minsk on October 11, 2015. Belarussians began voting on October 11 in an election that is likely to see authoritarian President Alexander Lukashenko claim a fifth term, with the EU possibly lifting sanctions against him if the polls take place without incident. AFP PHOTO / MAXIM MALINOVSKY (Photo credit should read MAXIM MALINOVSKY/AFP/Getty Images)

O presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, foi reeleito para um quinto mandato, com 83,49% dos votos, nas eleições deste domingo (11), revelou a chefe da comissão eleitoral.

Os resultados da votação foram divulgados por Lidiya Yermoshina em entrevista coletiva transmitida pela televisão e publicados no portal oficial da comissão eleitoral. Os números, contudo, são formalmente preliminares, devendo ser posteriormente confirmados.

Trata-se do melhor resultado alcançado por Lukashenko, de 61 anos, e no poder desde 1994. Segundo a comissão eleitoral, a taxa de participação foi de 86,75%.

Regularmente acusado de atentados aos direitos humanos, de repressão à oposição e de censura à imprensa, Lukachenko multiplicou nos últimos meses os gestos de “boa vontade”. No verão, o presidente libertou os últimos presos políticos bielorussos.

Fontes oficiais da União Europeia deram conta da possibilidade de serem levantadas as sanções contra Lukashenko, impostas desde 2011, desde que a eleição fosse considerada aceitável e não fosse marcada por duras repressões.

Lukashenko venceu as anteriores presidenciais, em 2010, com 79,6% dos votos, um resultado contestado que conduziu a massivos protestos nas ruas. Em 2006, ganhou com 83%.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: