MULHERES
07/10/2015 19:18 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Califórnia aprova lei que garante igualdade salarial entre homens e mulheres

Kelvin Murray via Getty Images
Modern Office Shoot

Hoje demos mais um passo em direção a igualdade entre homens e mulheres no mundo coorporativo – mesmo que seja em outro país. A Califórnia, um dos estados dos EUA, aprovou uma lei que garante que homens e mulheres recebam o mesmo salário. E mais: a legislação também garante que nenhuma funcionária possa sofrer represália por discutir o valor do seu contracheque com o empregador. Ponto para as meninas!

Quem assinou a lei foi o governador do estado, Jerry Brown, em São Francisco. De acordo com uma pesquisa recente da Census Bureau, orgão oficial americano, as mulheres californianas que trabalham período integral ganham em média U$ 0,16 centavos a menos que os homens por hora trabalhada.

A atriz Patricia Arquette, que ganhou o Oscar de atriz coadjuvante esse ano por Boyhood e fez um discurso na premiação pedindo mais igualdade de gênero, disse que essa nova legislação é um passo determinante para que as mulheres do estado sejam valorizadas da mesma forma que os homens.

Esse é um passo pequeno, mas um grande começo para que outros estados americanos – e países do mundo – tomem a iniciativa de ver que a mulher merece ser tratada e ter os mesmo direitos que os homens.

LEIA MAIS:

-Como o Brasil tenta diminuir a desigualdade de gênero no mercado de trabalho

- 'Mulheres precisam ter participação igual em casa, na sociedade, no trabalho'

-O que estas mulheres de sucesso gostariam de ter dito a si mesmas quando jovem

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: