NOTÍCIAS

França: Chuvas na Riviera francesa matam pelo menos 16 pessoas

04/10/2015 10:08 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02
AP

As fortes chuvas que caíram na Riviera francesa mataram pelo menos 16 pessoas, incluindo algumas que ficaram presas em carros, parques para acampamentos e uma casa de repouso. A tempestade deixou também seis desaparecidos. O tráfego de carros e trens foi interrompido ao longo da costa do Mediterrâneo.

Helicópteros patrulhavam a região para procurar outras vítimas das inundações. Cerca de 27 mil casas estavam sem eletricidade neste domingo, depois que o rio Brague transbordou com as tempestades ferozes, que derramaram mais de 17 centímetros de chuva na região de Cannes em duas horas, na noite de ontem. Isto é o equivalente de dois meses de chuvas para a região, segundo uma rádio local.

O presidente francês François Hollande, e o ministro do Interior Bernard Cazeneuve, visitaram na manhã de hoje a casa de repouso inundada pela tempestade, de acordo com o Ministério do Interior. Hollande disse em um comunicado que as pessoas foram encontradas mortas nas cidades de Cannes, Biot, Golfe-Juan e Mandelieu-la-Napoule, no sudeste do país, região próxima à fronteira com a Itália.

O Ministério do Interior disse em comunicado que "havia pouca esperança" em encontrar vivas as seis pessoas desaparecidas. O porta-voz do Ministério, Pierre-Henry Brandet, disse que o número de mortos tinha chegado a 13. A razão para o número considerado pequeno de mortes, e as circunstâncias em que aconteceram ainda não foram esclarecidas.

Vários trens foram parados por causa dos trilhos inundados, e o tráfego permaneceu parado ao longo da costa do Mediterrâneo, entre Nice e Toulon, na manhã de hoje, de acordo com a autoridade ferroviária SNCF. Várias estradas da região foram fechadas, inclusive as que levam a Cannes, cidade mais atingida pela tempestade atingida.

Inundação na Riviera Francesa deixa mortos e feridos

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: