NOTÍCIAS

Astro da NBA LeBron James segue Obama e diz que 'não há espaço para armas' nos EUA

02/10/2015 22:30 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

lebron james

O mais recente ataque dentro de uma unidade escolar, desta vez em Oregon, e o caso de uma menina de cinco meses que acabou baleada no peito nesta quinta-feira durante um tiroteio em Cleveland fizeram LeBron James falar. O maior astro da NBA da última década pegou carona na fala do presidente Barack Obama e também se posicionou em favor de novas leis que regulem melhor a venda e posse de armas no país.

"Acredito que aconteceram coisas assim nas últimas quatro semanas, quatro crianças com idade inferior a 5 ou 6 anos foram mortas, baleadas ou feridas gravemente ou o que seja. É apenas que não há espaço para isso."



"Obviamente você não vai ser capaz de tomar todas as armas, eu não sei como você pode fazer isso. Há tantas por aí hoje em dia. Mas se houvesse algumas penalidades, algumas penas de longos períodos ou leis ou regulamentos sobre o porte de armas, legais ou ilegais, as pessoas iriam pensar duas vezes".

O craque afirmou ainda que não havia assistido ao prenunciamento de Obama, mas reforçou seu pedido pela paz. "Não há espaço para armas, em primeiro lugar, e, em seguida, para a violência contra as crianças ou qualquer um", disse James. "Mas, por ter filhos, vejo as notícias pelo telefone e estava sentado lá na frente dos meus três filhos, então automaticamente me atingiu".

lebron james kids

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: